X

Educação

Cadastro no Estado para professores temporários da Baixada para 2019 inicia na terça

Os requisitos para atribuições de aula e processo de seleção foram publicados no Diário Oficial e também serão divulgados no site da Diretoria

Da Reportagem

Publicado em 25/09/2018 às 11:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Abertas a partir desta terça-feira (25) as inscrições para o cadastro de professores temporários para lecionar na Rede Estadual de Ensino da Baixada Santista em 2019. Para isso, basta comparecer à Diretoria Regional de Ensino (Ders) de suas regiões para a atribuição de classes e aulas e o processo de seleção simplificada de docentes temporários para Ensino Fundamental (anos iniciais e finais) e Ensino Médio. As informações e os requisitos para o cadastro foram publicados no Diário Oficial e também serão divulgados no site da Diretoria.

E como funcionará? Os candidatos sem vínculo funcional com a Rede Estadual, docentes já efetivos que queiram trabalhar em regime de acumulação, professores com contratos ativos celebrados em 2015 e eventuais (categoria V) podem participar do cadastro. Mas para isso, o interessado deverá comparecer com os seguintes documentos: título e experiência de profissionais com habilitação de licenciatura, bacharelado ou tecnológico e estudantes do último ano do nível universitário também serão avaliados.

Além dos títulos solicitados acima, os interessados precisarão apresentar originais e cópias do RG, CPF, título de eleitor, comprovante de residência, declaração do imposto de renda, diploma ou certificado de conclusão de curso com histórico escolar e declaração de matrícula e histórico escolar (se for estudante).

Mais detalhes na Diretoria Regional de Ensino de Santos que está localizada na Rua Dr. Guedes Coelho, 107, no bairro Encruzilhada. Já a Diretoria Regional de São Vicente fica na Rua João Ramalho, 378, Centro.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde Pública

Itanhaém faz bloqueios para combater mosquito da dengue

Marinês explica que o setor está intensificando os bloqueios nos bairros onde tem os criadouros e nos locais onde há casos confirmados e suspeitos de dengue

Negou

Ex-prefeito Bili garante que não houve dolo e que vai recorrer de decisão

O juiz Leonardo de Mello Gonçalves, da Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), condenou o ex-prefeito Luis Cláudio Bili Lins da Silva por improbidade administrativa e dano ao erário

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter