X

Diário Mais

Spotify? Deezer? Youtube Music? Qual o melhor streaming de música? A gente responde

Item a item a gente analisa qual aplicativo 'sai na frente' dos outros

Luana Fernandes

Publicado em 16/02/2024 às 15:01

Atualizado em 16/02/2024 às 15:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Confira os pontos altos de cada streaming de música e escolha o seu preferido / Divulgação

É Spotify, é Deezer, é Youtube Music, Apple, Amazon. Quando a gente quer ouvir uma boa música a dúvida que fica é quase sempre a mesma: qual streaming a gente assina? Aqui a gente tenta separar, item por item, quais os melhores serviços.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

BIBLIOTECA.

Aqui vai muito do gosto de cada pessoa por alguns motivos. O primeiro se dá porque alguns serviços incluem coletâneas melhores entre alguns gêneros musicais, portanto, a pesquisa de cada um dos aplicativos é importante para saber se ele tem todos os álbuns do seu artista favorito ou um catálogo melhor do que você gosta de ouvir, seja sertanejo, um bom e confiável pagode ou um vibrante K-Pop.

Dito isso, em um segundo ponto, se você está procurando o mais 'volumoso' dos apps, a resposta costuma variar, mas é possível dar uma estimativa. Segundo o portal estadunidense RouteNote, que realizou um apanhado dos serviços, o campeão, pelo menos entre os aplicativos mais comuns para nós, é o Deezer, que conta com uma biblioteca de 120 milhões de títulos.

O Youtube Music conta com mais de 100 milhões, número bem aproximado, também, do Apple Music, que está na mesma 'faixa'. o Amazon Unlimited também se encontra com a mesma quantidade, enquanto o Spotify possui pouco mais de 90 milhões. Vale lembrar, porém, que estes dados estão sujeitos a mudanças, uma vez que as empresas encerram e assinam contratos periodicamente com produtoras e artistas ao longo do ano.

LAYOUT.

Já quando se trata da UI, mais conhecida como interface do usuário, ou, simplesmente, layout, o Apple Music sai na frente devido a um design considerado muito mais 'clean' pelos assinantes. Claramente inspirado no 'look' da App Store dos iPhones, o Apple Music é 'direto ao ponto' e deixa todas as informações ao alcance de quem utiliza o serviço diariamente.

Dito isso, os concorrentes também não ficam muito atrás da 'Maçã Mordida', uma vez que também têm boas UIs, mas um pouco mais 'poluídas'.

QUALIDADE DE ÁUDIO.

Eis um aspecto ao qual nem todo mundo se atenta, mas que pode ser bastante importante para os fãs mais assíduos da arte. Quando se trata de ouvir um áudio claro e de boa qualidade, segundo a Underscored, da CNN, existem dois serviços que 'dão um banho' musical nos restantes: Spotify e Tidal.

A explicação se dá pelo fato da qualidade de transmissão de músicas em ambos apps se dar por 160kbps, o que influencia no que chega aos ouvidos dos usuários. Em contrapartida, o Pandora oferece streaming de música a 64kbps e o Youtube Music tem canções a 128kbps na sua versão gratuita. 

Há outros serviços com músicas e podcasts em taxas de transmissão mais altas, mas entre as opções mais acessíveis ao público em geral, esses dois apps têm a vantagem. Lembrando sempre que os fones também influenciam na qualidade.

PREÇO.

E chegamos à parte, provavelmente, mais importante para muitos que estão lendo este texto: os valores. Nesse campo, há muitas alternativas, mas todas muito próximas.

O Spotify custa R$ 21,90 pelo plano individual, enquanto a conta universitária, que dá desconto para estudantes elegíveis, sai por R$ 11,90 e a Duo com duas contas, sai por R$ 27,90. Por fim, o plano Família, com até 6 contas, custa R$ 34,90 ao mês.

Já o Youtube Music também sai pelo mesmo valor: R$ 21,90 ao mês, mas há opções do plano estudante, que custa R$ 10,90, e da opção para família, que sai a R$ 34,90 para até cinco integrantes.

Em contrapartida, o Deezer custa R$ 24,90 ao mês, mas tem desconto na opção anual, custando R$ 222,90. O plano de estudante vale R$ 10,90 e o Duo sai por R$ 32,90, enquanto o plano familiar custa R$ 39,90 por mês.

O Amazon Music Unlimited cobra R$ 21,90 todos os meses. Fechando a lista, o Apple Music oferece a assinatura universitária por R$ 11,90, enquanto o individual sai R$ 21,90 e o pacote familiar custa R$ 34,90.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Praia Grande tem novos pontos com radares e lombadas eletrônicas; veja onde

A velocidade máxima permitida nas lombadas eletrônicas será de 40km/h e nos radares de 60km/h

ESPORTE REGIONAL

Portuários Stadium reúne crianças e adolescentes com o ThaiKids em Santos

Evento acontece no próximo dia 27

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter