X
MÚSICA

Com apresentações em Cubatão e Praia Grande, Elis Regina será homenageada em espetáculo

O público poderá conferir 14 músicas imortalizadas na voz da "Pimentinha", num repertório de arranjos escritos pelo maestro e compositor Mario Tirolli

O projeto Elis75, pensado pelo produtor Milton Simões e pelo Maestro Alexandre Felipe Gomes, finalmente sairá do papel em duas apresentações gratuitas / Divulgação/Canal Curta!

Show celebra 75 anos da maior cantora do Brasil, que seriam completados em 2020. Serão feitas apresentações em Praia Grande e Cubatão.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Considerada a maior cantora do Brasil em todos os tempos por muitos órgãos de imprensa e especialistas, Elis Regina (Porto Alegre, 17 de março de 1945 - São Paulo, 19 de janeiro de 1982) completaria 75 anos em 2020. Entretanto, a pandemia impediu que homenagens à artista fossem feitas de maneira presencial.

O projeto Elis75, pensado pelo produtor Milton Simões e pelo Maestro Alexandre Felipe Gomes, finalmente sairá do papel em duas apresentações gratuitas. A estreia será no Palácio das Artes, Teatro Serafim Gonzalez, em Praia Grande, em 1º de dezembro, uma quarta-feira, 20h30. A entrada é livre e gratuita ao público. Os ingressos estarão liberados no próprio teatro a partir das 19h30 do dia do show.

Já em 4 de dezembro, 20h, um sábado, o concerto acontecerá gratuitamente no Parque Municipal Anilinas, em Cubatão– não será necessária a retirada antecipada de ingressos nesta ocasião.

O SHOW.
O público poderá conferir 14 músicas imortalizadas na voz da “Pimentinha”, num repertório de arranjos escritos pelo maestro e compositor Mario Tirolli. Serão apresentadas canções como Black is Bealtiful, O Bêbado e o Equilibrista, Águas de Março, Maria Maria, Upa Neguinho, Arrastão, Madalena, Romaria, entre outras.

No palco, estarão a Orquestra de Metais e Percussão de Cubatão, participantes do Corpo Coreográfico e Dança da Banda Marcial de Cubatão, quatro backing vocals e uma cantora interpretando as músicas: no caso, a experiente Rafa Laranja. “Quando mostrei o projeto e fiz o convite, prontamente a Rafa aceitou este grande desafio”, diz Alexandre.

Mais de 60 artistas entre músicos, dançarinas e cantores participam durante 1 hora e 10 minutos de espetáculo. A regência é do Maestro Alexandre Felipe Gomes. As coreografias levam a assinatura de Jhully Batista.

“O objetivo é apresentar um show de música, dança e interpretação vocal da melhor qualidade da nossa música popular brasileira, democratizando a cultura, criando oportunidades para apresentações dos artistas nestes novos tempos e a formação de plateias”, ressalta o produtor Milton Custódio Simões.

O Show Elis75, tem o registro de criação da ASABAMC – Associação dos Amigos da Banda Marcial de Cubatão, e realização do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Funarte. Foi contemplado através de emenda parlamentar da Deputada Rosana Valle.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mongaguá

62 anos de Mongaguá: “O principal desafio é continuar o trabalho e devolver a autoestima ao morador”

“A ideia é ter uma cidade diferente e que as pessoas tenham mais dignidade e oportunidade”, destaca prefeito

Turismo

Réveillon: para onde ainda é possível viajar e por quanto

Levantamento mostra quais destinos estão sendo mais buscados, para onde ainda é possível viajar e o preço médio

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software