X
Cultura

Cantora guarujaense renomada apresenta trilhas de novela com a orquestra da cidade

Adriana Mezzadri vai apresentar toda a sua história musical em português e espanhol, dia 19 de dezembro, 19h, no Teatro Procópio Ferreira, com a Orquestra Municipal de Guarujá

Adriana Mezzadri é dona de sucessos que viraram trilha sonora de novelas, filmes e séries / Divulgação

Filha de pai brasileiro e mãe peruana, discreta, Adriana Mezzadri às vezes passa despercebida pelas ruas de Guarujá, cenário do romande de seus pais e cidade onde mora há cinco anos. Mas, quando solta a voz, é impossível não notá-la. Com o jeito simples de ser, ela divide o tempo ao lado do mar com a carreira internacional que atravessa continentes. Mas é perto de casa, na Pérola do Atlântico, que vai apresentar toda a sua história musical em português e espanhol, dia 19 de dezembro, 19h, no Teatro Procópio Ferreira, com a Orquestra Municipal de Guarujá.

A cantora e compositora começou a escrever músicas aos 12 anos e emplacou muitos sucessos no currículo. Tem  trilhas sonoras de filmes, séries e novelas famosas, como a música Marcas de Ayer, de O Clone, que está em reprise na rede Globo.

Sua voz está presente também na trilha sonora da minissérie A Casa das Sete Mulheres, da mesma emissora. Nela, interpretou três músicas de Marcus Viana: A Saga dos Pampas (o tema de abertura), Sete Vidas e Do Amor e da Guerra. Além dessas, cantou Flauteando, onde usa a voz para reproduzir o som da flauta quena, instrumento milenar andino.

Já se apresentou ao lado de nomes como Toquinho, Jorge Ben Jor - com quem viajou pelo Brasil inteiro, Europa e Estados Unidos.

Acostumada com grandes produções, Adriana Mezzadri estevw e está sempre ao lado de nomes importantes também por trás dos palcos. K. C. Porter, renomado produtor de Carlos Santana e Michael Jackson, produziu o primeiro disco dela: Marcas de Ayer.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Na apresentação do dia 19 ela vai mostrar ao lado de 42 músicos e a  regência do maestro Sergio Wisbeck, um show eclético, com uma mistura de música brasileira, peruana, canções autorais e principalmente trilhas sonoras bastante conhecidas internacionalmente.  

Uma música recém-lançada , Saudade, também será apresentada com arranjo da multiinstrumentista convidada Claudia Martins, feito exclusivamente para o show, que terá também as participações especiais de Pithy Cajonero e do peruano Sergio Ramirez.  A direção artística será de Jaya Vitali.

Os ingressos custam R$ 50 a inteira e R$ 25 a meia. Parte da renda da venda será revertida a duas instituições: a Apae Guarujá e o Lar Maanaim.

É possível adquirir os bilhetes online, no site Sympla. Presencialmente, o restaurante Dati fará a venda antecipada, na Av. Miguel Estefano, 1755, em Guarujá.

O show tem apoio da Secretaria de Cultura da prefeitura de Guarujá, da Comissão de Promoção das Exportações e Turismo do Peru  (PROMPERU), Restaurante Vapor's Moda e do Restaurante Dati.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Insônia em crianças pode ser tratada com higiene do sono, diz médico

Rotina e hábitos antes de dormir ajudam a evitar a insônia em pequenos

Polícia

Ex-padre é condenado a 21 anos de prisão por abuso sexual a coroinhas

A Justiça acolheu parcialmente denúncia do Ministério Público de São Paulo. A decisão foi publicada no Diário de Justiça desta sexta-feira, 20

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software