Antônio Fagundes e filho encenam ‘Tribos’ no Coliseu

Na história, o personagem Billy é surdo e nasceu em uma família de ouvintes. Ele consegue se adaptar à rotina e hábitos não convencionais de seus familiares, mas nunca recebeu o mesmo deles

Comentar
Compartilhar
15 ABR 201516h21

As relações familiares e os desafios da convivência são o mote do espetáculo Tribos, em cartaz no Teatro Coliseu sexta (17) e sábado (18), às 21h30. O elenco traz Antônio Fagundes e seu filho Bruno, que dividem o palco com Eliete Cigaarini, Guilherme Magon e Maíra Dvorek.

Na história, o personagem Billy é surdo e nasceu em uma família de ouvintes. Ele consegue se adaptar à rotina e hábitos não convencionais de seus familiares, mas nunca recebeu o mesmo deles. Então o personagem conhece uma jovem mulher, que muda sua forma de ver o mundo.

Tribos, que proporciona uma reflexão sobre a surdez universal, aborda situações que vão além das limitações auditivas e acabam por  influenciar as relações humanas, como o preconceitos, o orgulho e a falta de amor.

O texto tem tradução de Rachel Ripani e direção de Ulysses Cruz. ‘Tribos’ estreou em setembro, no Teatro Tuca (São Paulo), e está em turnê nacional. A sessão de sábado terá acessibilidade com intérprete de libras.

As relações familiares e os desafios da convivência são o mote do espetáculo Tribos (Foto: Divulgação)

Serviço

Ingressos: R$ 60,00 a R$ 90,00, com vendas pelo site, pelo telefone 4062-0016 ou na bilheteria do teatro, das 12h às 17h.

Endereço: Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico.