Cinegrafista da Band morre na Anchieta após gravar entrevista

Ronaldo das Graças de Carvalho tinha 45 anos

Comentar
Compartilhar
11 SET 2021Por Da Reportagem11h35
O cinegrafista Ronaldo das Graças de Carvalho, de 45 anos.O cinegrafista Ronaldo das Graças de Carvalho, de 45 anos.Foto: Reprodução/Redes Sociais

O cinegrafista Ronaldo das Graças de Carvalho, de 45 anos, que trabalhava para o Grupo Bandeirantes (Band), morreu na última sexta-feira (10) na altura do km 58 da Rodovia Anchieta logo após gravar algumas entrevistas com policiais rodoviários. O pneu da moto que ele estava estourou, derrubando o profissional na pista, embaixo de um caminhão. Ele teve múltiplas fraturas e morreu ainda na ambulância.

Carvalho estava acompanhado de um colega, que conduzia a moto. Logo após as gravações eles recolheram seus materiais e estavam retornando para a Capital. Foi quando o pneu traseiro da moto em que estavam estourou, desestabilizando o veículo. O cinegrafista, então, caiu embaixo de um caminhão, sendo atropelado por ele. Ele morreu ainda dentro da ambulância por conta das múltiplas lesões. Já seu colega, de 31 anos, está no Pronto Socorro de Cubatão com traumatismo torácico, mas corre risco de morte.

As informações são da Polícia Rodoviária. 

Confira abaixo a nota da Band:

"É com imenso pesar que o Grupo Bandeirantes comunica o falecimento do repórter cinematográfico Ronaldo das Graças de Carvalho aos 45 anos. Após uma reportagem, ele retornava de motocicleta para a sede da emissora no bairro do Morumbi, em São Paulo, quando sofreu um acidente fatal envolvendo também um caminhão na altura do km 58 da Rodovia Anchieta. Ronaldo atuava na equipe do jornalismo da Band desde 2014. Ele deixa a esposa e cinco filhos".