Vendas de veículos encolheram 23,7% em um ano, segundo o IBGE

Os veículos foram um dos sete setores que tiveram queda nas vendas em fevereiro ante janeiro dentro do varejo ampliado (que inclui, além de veículos, material de construção)

Comentar
Compartilhar
14 ABR 201514h50

As vendas de veículos automotores caíram 3,5% em fevereiro ante janeiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já na comparação com fevereiro de 2014, o recuo foi de 23,7%. Os veículos foram um dos sete setores que tiveram queda nas vendas em fevereiro ante janeiro dentro do varejo ampliado (que inclui, além de veículos, material de construção). O setor de combustíveis e lubrificantes teve queda de 5,3% na passagem do mês, influenciado pelo aumento nos preços da gasolina.

Também recuaram nas vendas os segmentos de hipermercados, supermercados e produtos alimentícios (-0,2%), tecidos, vestuário e calçados (-0,7%), móveis e eletrodomésticos (-1,3%), equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-1,3%) e material de construção (-0,7%). Do lado positivo, tiveram incremento nas vendas os segmentos de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (+0,8%), livros, jornais, revistas e papelaria (+1,0%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (+1,8%).

As vendas de veículos automotores caíram 3,5% em fevereiro ante janeiro (Foto: Matheus Tagé/DL)

Em fevereiro, as vendas no varejo ampliado caíram 10,3% ante fevereiro de 2014, registrando a pior de toda a série histórica da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), iniciada em 2003. (IBGE). No varejo restrito, o recuo de 3,1% em fevereiro ante fevereiro de 2014 foi o mais intenso desde agosto de 2003 (-5,7%).