Cotidiano

Veja onde está a cratera aberta pela queda de um meteoro no Litoral de SP

O local fica em uma região completamente isolada, e de difícil acesso, na Serra do Mar

Da Reportagem

Publicado em 11/07/2024 às 10:37

Atualizado em 11/07/2024 às 15:41

Comentar:

Compartilhe:

Cratera, muito provavelmente aberta por um meteoro no Litoral de SP, é investigada pelo Inpe / UBADRONE Imagens Aéreas/Reprodução

Uma cratera, muito provavelmente aberta por um meteoro no Litoral de SP, é investigada pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) há cerca de dez anos. O local fica em uma região completamente isolada, e de difícil acesso, na Serra do Mar, em Ubatuba.

A cratera tem formato quadrado, com mais de 1,3 km de extensão em cada lado, com 300 metros de profundidade. Essa é a cratera do meteoro de Ubatuba.

Segundo o geólogo e pesquisador do INPE, Paulo Roberto Martini, o impacto aconteceu depois que a morfologia da Serra do Mar foi estabelecida, há cerca de 5,3 milhões de anos.

"A cratera tem 300 metros de profundidade, considerando-se uma boa aproximação de deposição de 1 metro de sedimentos a cada 100 anos, chegaríamos à idade 30 mil ou 40 mil anos atrás", afirmou.

Vale lembrar que no Arizona, nos Estados Unidos, existe uma cratera similar, com 50 mil anos de idade.

A cratera possui sedimentos originados das montanhas ao redor, mas também podem existir sedimentos marinhos.

"Se for este o caso, o impacto aconteceu depois do último grande levantamento do nível do mar que ocorreu há 7 mil anos. São hipóteses que estão sendo estudadas", completou Martini.

É importante dizer também que o local, além de extremamente isolado e perigoso, é de proibido acesso, sendo a exploração permitida apenas para cientistas e pesquisadores mediante autorização do governo.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Quanto vale o ouro? Saiba a premiação de cada medalha olímpica

Valor teve uma evolução de 40 % em comparação a Tóquio 2020

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter