Turistas e santistas lotam o Aquário durante o carnaval

A presença de navios transatlânticos em Santos no sábado de carnaval levou muitos turistas ao Aquário.

Comentar
Compartilhar
12 FEV 201300h20

A presença de navios transatlânticos em Santos neste sábado de carnaval (9) levou muitos turistas estrangeiros e brasileiros ao Aquário, na Ponta da Praia. O casal argentino Pablo e Zulema Martinez destacou a diversidade de peixes e animais marinhos. "É maravilhoso ter um parque como este na praia com peixes tão bonitos , disse Zulema.

Já o aposentado pernambucano José Geraldo Nogueira de Menezes, 57 anos, gostou do 'tanque do mangue', a mais nova atração do Aquário. O espaço retrata o cenário onde vivem 15 exemplares do caranguejo-uçá, uma das espécies mais encontradas nos manguezais. "Ficou muito parecido com a realidade, podemos ver os caranguejos nas tocas, ficou muito bom".

O Aquário também foi escolhido pelas famílias de Santos para levar as crianças. Foi o caso do médico Leandro Romani, 34 anos, que fez questão de trazer o filho Alexandre, de 3 anos. "Eu sempre gostei de vir aqui e agora curto esse passeio com meu filho".
Com mais de mil espécies de mares e rios, o parque é o segundo equipamento mais visitado no Estado.

O Aquário fica na praça Luiz La Scala, s/nº. No carnaval funcionará diariamente das 9h às 20h, com bilheteria fechando 15 minutos antes. A entrada custa R$ 5,00. Estudantes e professores pagam 50% do valor, já crianças até 12 anos e idosos acima de 60 têm gratuidade.

O Aquário também foi escolhido pelas famílias de Santos para levar as crianças (Foto: Divulgação)

Orquidário

Outra boa pedida é visitar o Orquidário, no José Menino. Quem passar por lá neste domingo (10) poderá ver uma exposição com aproximadamente 500 orquídeas. A mostra terá espécies raras como a 'vanda branca' e a 'negra', além de bordados da Ilha da Madeira. O Orquidário fica na praça Washington s/nº. O parque funcionará até terça-feira das 9h às 19h, com bilheteria até 18h. O ingresso custa R$ 5,00.

Estudantes e professores pagam 50% do valor, já crianças até 12 anos e idosos acima de 60 têm gratuidade.