Paulo Alexandre Barbosa fazer vistoria surpresa no PS Central

Sem qualquer aviso prévio aos funcionários e chefias da unidade, o prefeito chegou ao local por volta das 18 horas.

Comentar
Compartilhar
11 FEV 201322h20

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa esteve na tarde desta segunda-feira (11) de Carnaval no Pronto-Socorro Central. Sem qualquer aviso prévio aos funcionários e chefias da unidade, o prefeito chegou ao local por volta das 18 horas acompanhado do secretário de Comunicação e Resultados, Rivaldo Santos. Desde que assumiu a Prefeitura em 1º de janeiro, o prefeito tem vistoriado os prédios públicos para conferir o atendimento e as condições físicas dos imóveis.

No PS Central, Paulo Alexandre conversou com pacientes e funcionários, que relataram situações já identificadas no levantamento realizado por uma equipe técnica da Prefeitura, como a necessidade da renovação de equipamentos e mobiliário. Outro problema constatado foi um elevador quebrado há mais de 6 meses.

“Já abrimos o processo de licitação para contratação do serviço em caráter emergencial. A expectativa é que o contrato com a empresa vencedora seja assinado logo e o conserto do elevador ocorra rapidamente”, explicou o prefeito, que nos próximos dias deve anunciar novas medidas para a melhoria do pronto-socorro e de outras unidades da saúde.

Na avaliação de Paulo Alexandre, a situação do PS Central é emblemática, pois é uma unidade que tem vários 'puxadinhos' (adaptações) e encontra-se no limite de sua capacidade física para receber, com qualidade, os santistas e as pessoas de outras cidades da região que buscam atendimento. “Temos um grande desafio pela frente. Nesses quarenta dias de governo, iniciamos um amplo diagnóstico para enfrentar esses problemas com seriedade e responsabilidade. Estamos trabalhando muito para conquista de resultados objetivos".

No PS Central, Paulo Alexandre conversou com pacientes e funcionários (Foto: Divulgação)

Médicos

Durante a vistoria, o prefeito foi informado que cinco médicos estavam escalados para o plantão do dia: quatro para o PS e um destacado ao atendimento de UTI. No momento da inspeção, quatro estavam trabalhando. Uma falta foi registrada.

Sobre a denúncia de ausência injustificada de médicos durante o plantão do último sábado (11), o prefeito determinou a abertura de sindicância para apuração dos fatos e  responsabilidade.  “Alugamos cinco ambulâncias do SAMU e reforçamos os plantões por causa do aumento demanda no período de Carnaval. Temos excelentes servidores, mas não podemos tolerar nenhum desrespeito a quem busca socorro médico.”