Terremoto no Nepal tem mais de 5 mil mortes confirmadas

Segundo o mais recente balanço do Ministério do Interior nepalês, o número oficial de mortes confirmadas é 5.057

Comentar
Compartilhar
28 ABR 201515h25

O primeiro-ministro do Nepal, Sushil Koirala, decretou hoje (28) três dias de luto nacional em memória das vítimas do terremoto que atingiu o país no sábado (25) e provocou pelo menos 5 mil mortes.

“Em memória dos nepaleses, dos irmãos e das irmãs estrangeiras, dos idosos e das crianças que perderam a vida no sismo, decidimos observar três dias de luto nacional a partir de hoje”, disse Sushil Koirala, durante pronunciamento transmitido pela televisão, no qual agradeceu aos doadores internacionais que prestaram ajuda ao povo nepalês.

Segundo o mais recente balanço do Ministério do Interior nepalês, o número oficial de mortes confirmadas é 5.057. Existem, até o momento, mais de 450 mil desalojados. O tremor, de magnitude 7,8 na escala de Richter, deixou 10.915 mil feridos, disse o responsável pelo departamento de gestão de catástrofes do governo nepalês, Rameshwor Dangal.

O abalo foi sentido em outros países, como Índia, Bangladesh e China, e provocou avalanches no Himalaia. Quase 100 repetições do tremor, com uma intensidade que oscilou entre 4 e 6 graus na escala de Richter, foram sentidas depois do terremoto.

As operações de resgate no Nepal são difíceis por causa das más condições tempo e pela carência do país asiático para responder a um desastre de grandes dimensões.

O terremoto no Nepal já tem mais de 5 mil mortes confirmadas (Foto: Associated Press)