Sucesso de leilões 'confirmou expectativas', diz Gleisi

"A parceria com a iniciativa privada vai acelerar os necessários investimentos dos aeroportos", afirmou a ministra chefe da Casa Civil

Comentar
Compartilhar
22 NOV 201315h49

A ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, utilizou nesta sexta-feira, 22, conta da pasta no microblog Twitter para comemorar o resultado do leilão dos aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro, e Confins, em Belo Horizonte. "O sucesso do leilão de Galeão e Confins confirmou nossas expectativas", postou a ministra.

Segundo ela, o resultado mostra que "as grandes operadoras aeroportuárias apostaram no Brasil". "A parceria com a iniciativa privada vai acelerar os necessários investimentos dos aeroportos", afirmou. "Esperamos mais e melhores serviços aos usuários, pessoas, empresas, produtos", acrescentou Gleisi em mais uma postagem.

Os dois aeroportos foram leiloados na manhã de hoje. O consórcio liderado pela Odebrecht Transport venceu a concessão do Galeão, com uma oferta de R$ 19,018 bilhões, um ágio de 293,9%. Já o aeroporto de Confins ficou com o grupo liderado por CCR, que fez uma oferta de R$ 1,82 bilhão, um ágio de 66%.

'Muito alta'

O diretor-presidente da Invepar, Gustavo Rocha, considerou a proposta vencedora de R$ 19,018 bilhões pela concessão do Aeroporto do Galeão "muito alta". "Foi maior que a de Guarulhos", disse o empresário logo após o consórcio liderado pela Odebrecht Transport bater o martelo. O aeroporto paulista foi leiloado no ano passado com uma oferta de R$ 16,2 bilhões, pelo grupo liderado pela Invepar.

A ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, utilizou nesta sexta-feira, 22, conta da pasta no microblog Twitter para comemorar o resultado do leilão dos aeroportos (Foto: Divulgação)

Nos bastidores, o consórcio formado por EcoRodovias-Invepar-Fraport era tido como um dos favoritos para levar o aeroporto de Galeão pelo histórico de agressividade nos leilões anteriores.