Banner gripe

Sob a luz de velas, Câmara elege diretoria

Nova Mesa da Casa Legislativa é composta de vereadores opositores ao Governo Marcia Rosa

Comentar
Compartilhar
04 FEV 201511h48

“O choro pode durar uma noite, mas o sorriso vem ao amanhecer”. Foi citando o salmo 30 da Bíblia Sagrada que o pastor, radialista e vereador Aguinaldo Araújo (PDT) agradeceu a reeleição à presidência da Câmara de Cubatão. Após quase dois meses de novela para escolher a Mesa Diretora do próximo biênio, a primeira sessão do ano foi destinada à eleição da diretoria e à distribuição de comissões.

Minutos antes de começar a sessão, que teria início às 16 horas, um incidente: acabou a luz da Casa. Mesmo assim, a sessão aconteceu. Araújo como presidente, Dinho Heliodoro (SDD) como vice-presidente, Ademário Oliveira (PSDB) como primeiro secretário e Severino Tarcício, o Dóda (PSB), como segundo secretário. Presidente e vice tiverem 10 votos da Casa. Ademário teve seis votos para assumir a posição — Ricardo Oliveira, o Queixão (PMDB), teve quatro votos. Dóda também teve seis votos, contra quatro de Jair do Bar (PT). O vereador Fábio Moura, do PROS, partido autor do pedido de mandado de segurança que cancelou a última eleição, não compareceu à sessão de ontem.

O partido alegou que a eleição para a Mesa Diretora não respeitou o princípio da proporcionalidade — dos quatro cargos, três são do PDT. No último dia 22, o juiz Rodrigo de Moura Jacob julgou o mérito e concedeu a segurança pleiteada em primeira instância. A mesa anterior era formada por três vereadores do PDT: Araújo, Ivan Hildebrando e César Nascimento. Ademário também estava na antiga formação.

Com 10 votos, vereador é eleito presidente da Câmara mais uma vez (Foto: Divulgação)

“Todo esse período de impasse foi um aprendizado, fez com que eu crescesse como político e cidadão. É um privilégio ser eleito e reeleito. Agradeço à minha família, principalmente minha esposa, que esteve sempre ao meu lado. Agradeço também aos vereadores Ivan e César, que entenderam a necessidade da troca na composição da Mesa Diretora”, finalizou o presidente eleito.

Novela

No dia 9 de dezembro, a Câmara aprovou a composição: Aguinaldo Araújo como presidente, Ivan Hildebrando (PDT) como vice-presidente, Ademário Oliveira (PSDB) como primeiro secretário e César da Silva Nascimento (PDT) como segundo secretário.

Na semana seguinte, o Pros — representado por Moura — impetrou o mandado de segurança, que foi derrubado por liminar da mesa no dia 28 de dezembro de 2014. No último dia 22 de janeiro, o juiz alegou que a decisão foi tomada durante o recesso e concedeu a segurança pedida pelo partido.
 

Colunas

Contraponto