Secretário de Cultura visita o Forte São João em Bertioga

O secretário estadual esteve acompanhado do prefeito Caio Matheus e do secretário de Turismo, Esporte e Cultura, Ney Carlos da Rocha

Comentar
Compartilhar
21 SET 2021Por Da Reportagem22h32
Cumprindo agenda na Baixada Santista, o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado, Sérgio Sá Leitão, esteve em Bertioga na tarde desta terça-feiraCumprindo agenda na Baixada Santista, o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado, Sérgio Sá Leitão, esteve em Bertioga na tarde desta terça-feiraFoto: FELIPE MAGALHÃES/PMB

Cumprindo agenda na Baixada Santista, o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado, Sérgio Sá Leitão, esteve em Bertioga na tarde desta terça-feira (21) em visita ao Forte São João. Candidata a Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a fortaleza mais antiga do Brasil será reaberta à visitação com uma nova exposição interativa no final de novembro, em parceria com o Sesc.

Acompanhado do prefeito Caio Matheus e do secretário de Turismo, Esporte e Cultura, Ney Carlos da Rocha, o secretário estadual visitou as instalações do Forte, que, além da nova cenografia, em fase final de montagem, também passou recentemente por reforma e restauro.

"A nova exposição, que dá mais conteúdo para o Forte, torna a visita ainda mais recompensadora do ponto de vista do público. Os visitantes tem não só a oportunidade de conhecer a edificação, como também entendê-la", afirmou Leitão.

O secretário estadual também ressaltou as ações da Administração Municipal na área da cultura.  "Bertioga é uma das capitais culturais do estado de São Paulo em 2021 e essa escolha se deu justamente pela atenção, cuidado e investimento que vem sendo feito aqui; pela cultura ser uma prioridade no trabalho da prefeitura. E aqui no Forte São João temos um belo exemplo disso com todo esse trabalho de valorização desse ativo cultural do nosso Estado", disse.

O prefeito Caio Matheus destacou a importância do Forte São João para a cultura e o fomento ao turismo. "Bertioga vem cada dia mais se tornando um grande destino turístico, ambiental, histórico e cultural. A nova cenografia, mais moderna e dinâmica, além de contribuir para a conquista do reconhecimento da Unesco, atrairá ainda mais visitantes ao nosso Forte São João, contribuindo para a recuperação do turismo", afirmou.

A candidatura do Forte São João deve ser oficializada em 2022 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A inclusão do Forte São João nesta lista reconhece a importância única da fortificação para o mundo, criando um compromisso internacional para garantir a sua preservação.

Também estiveram presentes na visita do secretário estadual, o gerente do Sesc Bertioga Marcos Laurenti, a diretora de Cultura Camila Quelhas e o diretor executivo da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem), Milton Gonçalves da Luz.

NOVA EXPOSIÇÃO

Moderna e interativa, a exposição foi desenvolvida por meio de parceria entre a Prefeitura de Bertioga e o Sesc, sob a supervisão do Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (IPHAN).

Com jogos, cenografias, painéis, ilustrações e traquitanas divertidas, a exposição foi criada para que os visitantes possam interagir ao máximo com os ambientes e mergulhar fundo na história do forte mais antigo do país.

Parte do antigo acervo será mantida, como quadros, armadura e canhões, que serão incorporados à nova exposição.

As riquezas naturais e a cultura de Bertioga também estarão presentes, com elementos que representam a Mata Atlântica, a pesca, a culinária e o povo indígena.

Quem assina a exposição é a historiadora Marília Bonas Conte. Especialista em exposições históricas, também foi curadora do Museu do Café de Santos e responsável pela mostra do Memorial do Imigrante de São Paulo.

ACESSIBILIDADE

O projeto prevê a instalação de um elevador na plataforma externa, onde estão localizados os canhões e as guaritas. Assim, a vista do Canal da Enseada também poderá ser apreciada por deficientes físicos e pessoas com mobilidade reduzida.