São Vicente conta com mais de 180 pontos para entrega de resíduos sólidos

Atualmente, seis empresas recolhem os resíduos sólidos que estão nos estabelecimentos e em mais de 180 Ecopontos de Entrega Voluntária

Comentar
Compartilhar
24 ABR 201515h34

O Brasil produz aproximadamente nove bilhões de litros de óleo vegetal por ano, que precisa ser descartado e reutilizado de forma que não prejudique o meio ambiente. Em São Vicente, a Prefeitura realiza projeto de resíduos sólidos que envolve várias secretarias, para conscientizar o comércio e a população a não jogar o produto na rede pública de esgoto ou na natureza.

Atualmente, seis empresas recolhem os resíduos sólidos que estão nos estabelecimentos e em mais de 180 Ecopontos de Entrega Voluntária (ECOPEVs) distribuídos pela Cidade, entre eles: escolas, creches, igrejas e Centros de Convivência e Formação (CECOFs).

Os ECOPEVs são beneficiados com a coleta, principalmente nas escolas municipais, onde os alunos aprendem como descartar o óleo e ensinam aos pais, e algumas vezes são premiados. Em prática há um ano, o projeto deverá ser ampliado para a reciclagem de pneus, baterias, garrafas pet e óleo automotivo.

Ecopontos de Entrega Voluntária ficam em escolas, creches e igrejas, entre outros (Foto: Divulgação)

A reutilização do óleo vegetal oferece muitas vantagens, principalmente na produção de biodiesel, combustível de fonte renovável que é considerado melhor substituto do petróleo.

Todo o comércio do Município, geradores de resíduos que possam ser reciclados, precisa fazer cadastro obrigatório no site do projeto (municipioecologico.com.br) e escolher a empresa autorizada para realizar a coleta. Esse é o mesmo procedimento para as instituições interessadas em se tornar ECOPEVs.

As empresas que pretendem receber e reutilizar o óleo devem comparecer à Secretaria de Comércio, Indústria e Negócios Portuários (Secinp) (Rua José Bonifácio, 404, 3° andar – Centro) com documentos específicos para se cadastrar.