Santos recebe conferência internacional de surfe em novembro

A programação, realizada pela primeira vez em 2014, tem atrações no Sesc-Santos, Escola Radical do Posto 2 (orla da Pompeia) e praias do Gonzaga e Pompeia

Comentar
Compartilhar
12 JUL 2019Por Da Reportagem15h30
Santos será a sede da Conferência Internacional da Rede World Surf CitiesFoto: Divulgação/PMS

Pela segunda vez, Santos será a sede da Conferência Internacional da Rede World Surf Cities (World Surf Cities Network - WSCN). O evento ocorre entre os dias 22 e 24 de novembro, com atividades que englobam debates, rodada de negócios, atrações culturais e festival de surfe. A programação, realizada pela primeira vez no Município em 2014, tem atrações no Sesc-Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136,  Aparecida), Escola Radical do Posto 2 (orla da Pompeia) e praias do Gonzaga e Pompeia.

A organização WSCN tem como objetivo aumentar a atividade econômica - negócios, turismo, emprego e programas sociais, por meio do compartilhamento de conhecimentos e cooperação entre as cidades de surfe ao redor do mundo, entre as quais Santos, representando o Brasil, que está inserida.

Mais surf cities são Viña del Mar (Chile), Arica (Chile), San Sebastian (Espanha), Las Palmas de Gran Canária (Espanha), New Plymouth (Nova Zelândia), Gold Coast (Austrália), Viana do Castelo (Portugal), Newcastle (Inglaterra), Montañita (Equador), Durban (África do Sul), Huanchaco (Peru), Ericeira (Portugal) e Lacanau (França).

No ano passado, o encontro da rede foi realizado em San Sebastian. Santos foi representada por dois projetos: um voltado para o público com mais de 50 anos e o outro para pessoas com deficiência,  ambos desenvolvidos pela Escola Radical. Os trabalhos foram apresentados pelo surfista e educador Cisco Araña, coordenador da Escola Radical e representante brasileiro da WSCN.

Colunas

Contraponto