X
Cotidiano

Retomada econômica anima artesãos da tradicional Feirart de Santos

Sempre das 14h às 20h, a Feirart funciona, aos sábado no calçadão da Praia do Boqueirão e, no domingo, na Praça Doutor Caio Ribeiro Morais e Silva

A feira retomou as atividades desde o final de abril / Divulgação/PMS

A Feira de Produtos Artesanais, de Variedades Criativas, de Comidas e Bebidas e de Culinária Nacional e Internacional, conhecida como FeirArt, tradicional opção de lazer nos finais de semana em Santos, retomou as atividades desde o final de abril. Mas foi de junho pra cá que o movimento aumentou.

"Da pra ver a resposta do público. As pessoas estão voltando para a FeirArt com o avanço da vacinação", explicou Maristela Silveira, que há 32 anos tem uma barraca de Arte Urbana, com produtos recicláveis. "Estamos apostando no próximo verão, porque tende a crescer o turismo local. Acho que vai melhorar ainda mais", completou.

Sempre das 14h às 20h, a Feirart funciona, aos sábado no calçadão da Praia do Boqueirão (na altura da avenida Conselheiro Nébias) e, no domingo, na Praça Doutor Caio Ribeiro Morais e Silva (em frente ao Sesc - Aparecida). Vale lembrar que, na feira, são respeitados os protocolos sanitários contra a covid-19, como distanciamento entre as barracas, uso de máscaras, oferecimento de álcool em gel para os clientes etc.

Proprietária há 7 anos de uma barraca que vende roupas para pets, Lídia Campos da Silva conta que, com o frio, suas vendas melhoraram nas últimas semanas: "Pra mim já melhorou bastante. Nessa época, tenho mais facilidade em vender roupinhas de cachorros".

No caso de Rosa Aparecida, que têm uma barraca com produtos de cama, mesa e banho, há 22 anos, a solução foi contar com o apoio da tecnologia para se manter durante a pandemia: "comecei a vender por WhatsApp. Um avisava para o outro e a gente ia vendendo. Mas foi bem difícil esse período. Agora, vamos torcer para recuperar, com os turistas e as pessoas visitando a feira".

Nascida em São Paulo e moradora de Santos há cinco anos, Kátia Neves, de 52 anos, frequenta a FeirArt e elogiou a organização do espaço. "Moro aqui no Embaré, então é um lugar perto, bom para passear com os netos e que tem várias opções pra gente consumir. As barracas têm um certo distanciamento, o que é importante nesse momento. Eu já tomei as duas doses (da vacina contra a covid-19), mas mesmo assim temos que ficar atentos", ressaltou.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande abre concursos públicos em duas áreas; salários chegam a R$ 7 mil

No total, são 77 vagas em diferentes cargos

Em parceria com o TSE, Instagram e Facebook inserem rótulos em 'posts' sobre eleições

O objetivo é rebater notícias falsas com informações oficiais do TSE

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software