X
Cotidiano

Programa 'Saúde na Escola' realiza palestra nesta quinta-feira (19) para 120 alunos

Tema será gravidez na adolescência e infecções sexualmente transmissíveis

A educação é a principal ferramenta de orientação. Com base nesta premissa, cerca de 120 alunos da Escola Municipal Lucimara de Jesus Vicente, no bairro do Santa Rosa, terão a oportunidade de receber informações sobre gravidez na adolescência e infecções sexualmente transmissíveis (IST´s).

A palestra será ministrada pela coordenadora de Saúde da Mulher da Prefeitura de Guarujá, Adriana Araújo. A atividade começa às 10 horas e vai acontecer no Centro de Atividades Educacionais e Comunitárias (Caec) Isabel Ortega, também no Santa Rosa.

O público alvo são alunos do ensino fundamental II e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Da Escola Lucimara – a primeira da rede municipal a receber a palestra com este tema – estarão envolvidos na ação, alunos do 8º e 9º ano, com idade entre 13 e 15 anos.

A Prefeitura pretende levar o “Saúde na Escola” às demais unidades de ensino, principalmente aquelas em regiões em vulnerabilidade social. “O nosso intuito com o Programa é reduzir o índice de gravidez na adolescência, levando aos jovens, a prevenção e orientação quanto a possíveis infecções”, explica a coordenadora de saúde bucal e do Programa Saúde na Escola, Márcia Olmos Moucachen.

Esta é uma iniciativa das Secretarias de Saúde e Educação, em toda a rede municipal. Realizado desde o ano passado, o Programa já levou aos estudantes informações sobre vacinas, segurança alimentar, prevenção de acidentes; e ainda avaliação sobre acuidade visual, entre outras ações.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Bolsonaro blinda orçamento secreto e sanciona fundo eleitoral de R$ 4,96 bilhões

O governo ainda manteve intocadas as chamadas emendas de relator, instrumento usado por congressistas aliados para irrigar seus redutos eleitorais com verba federal

São Vicente

Jovem que foi atingido por tiro e ficou com bala alojada perto do coração recebe alta

Ele brincava em uma praça de São Vicente, no Réveillon, quando foi atingido; Segundo a família de Guilherme, a rotina do menino será diferente nos próximos meses

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software