Programa Roda SP volta a Cubatão nesta sexta-feira

Por R$ 10, é possível ter um dia de passeio pela região.

Comentar
Compartilhar
20 DEZ 201221h52

Pegar um ônibus em Cubatão, descer em São Vicente. Depois, pegar outro ônibus e passear no Portinho, em Praia Grande. Pegar subir em mais um ônibus para circular por Santos, sempre com guias de turismo e outros profissionais de apoio. E ainda prosseguir no passeio e retornar a Cubatão, escolhendo os horários e pagando apenas R$ 10,00 por pessoa. É o programa Roda SP, da Secretaria Estadual de Turismo, que será reiniciado nesta sexta-feira (21/12) na Baixada Santista e prosseguirá até 17/2/2013, de terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas.

O passe é na forma de um cartão eletrônico com sistema Comunicação de Campo Próximo (Near Field Communication - NFC), que permite ao passageiro subir e descer nos ônibus quantas vezes desejar, durante 24 horas (a partir do horário do primeiro embarque). A compra de ingresso é feita dentro dos ônibus, com o guia ou monitor.

Serão 32 pontos espalhados por toda a rota, metade dos quais com monitores de plantão para dar todo o apoio ao sistema operacional. O Roda SP contará com 16 ônibus, alguns com plataforma móvel para facilitar a acessibilidade. Assim, a cada desembarque, o turista terá cerca de uma hora para embarcar no ônibus seguinte (exceto nas saídas para o Parque Estadual da Serra do Mar/Núcleo Itutinga Pilões, que acontecerão somente às 13 horas).

O sistema conta neste verão com 70 profissionais, sendo 16 guias de turismo, 32 monitores de campo, quatro analistas de tráfego e dois supervisores. Terá quatro trechos diferenciados, permitindo conhecer a diversidade histórica e cultural entre os municípios de Peruíbe, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, Santos, Cubatão, São Vicente, Guarujá e Bertioga, ordenados pelos temas: Calor no Coração, Bem Receber, Navegantes, e ainda Caminhos do Mar, no qual está incluso Cubatão.

Os pontos de parada do roteiro Caminhos do Mar serão: Praia Grande (Portinho); São Vicente (Biquinha, Teleférico, Ilha Porchat); Santos (Emissário Submarino, Vila Belmiro, Bolsa do Café e Valongo), e Cubatão (Núcleo Itutinga-Pilões).

A intenção do órgão estadual de Turismo é oferecer um produto turístico útil e barato, que facilite o passeio dos viajantes e redistribua o fluxo de pessoas entre as cidades próximas.

Mais detalhes, bem como os mapas dos roteiros, estão disponíveis em http://www.turismo.sp.gov.br/imprensa/noticias/1934