Professores nomeados têm nova chance para agendar perícia pela internet

Novo prazo para cadastro vai até 3 de julho; Secretaria da Educação convocou no início do mês 22,8 mil docentes

Comentar
Compartilhar
27 JUN 201412h20

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo abriu um novo prazo limite para o agendamento da perícia médica via internet. O exame é uma das etapas do processo de admissão dos 22,8 mil professores convocados no início do mês. O sistema receberá o cadastro até as 23h59 do dia 3 de julho, próxima quinta-feira.

A partir de agora, os docentes devem agendar a perícia no endereço eletrônico periciasmedicas.gestaopublica.sp.gov.br. Para isso, é necessário o envio de duas fotos 3x4 e o RG original com fotografia recente. Os ingressantes também precisam apresentar alguns exames médicos. As orientações foram publicadas na edição de 31 de maio do Diário Oficial do Estado e também no Portal da Educação.

“Os novos professores participaram do maior concurso da história do magistério paulista, realizado em novembro, e que prevê a contratação total de 59 mil professores. Já são cerca de 38 mil nomeados desde o início deste ano. A primeira chamada foi feita em janeiro com 15 mil docentes”, afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo abriu um novo prazo limite para o agendamento da perícia médica via internet (Foto: Divulgação)

Professores da rede recebem reajuste em julho

A partir de julho, todos os 400 mil professores e servidores da rede estadual de ensino, ativos e aposentados, receberão um novo aumento de 7%. Esse é o quarto reajuste desde 2011 e faz parte de uma Política Salarial inédita da Secretaria para os funcionários da rede estadual de ensino paulista e que garante uma ampliação salarial de 45%.

Com o novo aumento salarial, um educador que leciona do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio terá a remuneração reajustada para R$ 2.415,89. O valor é 42% superior ao piso nacional (que é de R$ 1.697).