Banner gripe

Produção de petróleo e gás natural foi recorde em dezembro, diz ANP

De acordo com a agência, a produção de petróleo aumentou 18,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior

Comentar
Compartilhar
03 FEV 201519h43

A produção total de petróleo no Brasil em dezembro de 2014 atingiu 2,497 milhões de barris diários e de gás natural chegou a 95,1 milhões de metros cúbicos. A informação foi divulgada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Segundo a ANP, os resultados foram os maiores já registrados. O recorde anterior foi em outubro de 2014. Naquele momento foram produzidos 2,393 milhões de barris diários de petróleo e 92,7 milhões de metros cúbicos de gás natural.

De acordo com a agência, a produção de petróleo aumentou 18,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Mas em relação a novembro cresceu 5,9%. Já a produção de gás natural subiu 16,6% se comparada ao mesmo mês de 2013 e 3,8% na relação com o mês anterior.

A ANP informou ainda que a produção do pré-sal, em 47 poços, alcançou 667 mil barris por dia (bbl/d) de petróleo e 23,6 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) de gás natural. O total de 815,8 mil barris de óleo equivalente por dia, representou um aumento de 11,2% na comparação a novembro. A agência esclareceu que esses poços são onde a produção ocorre no horizonte geológico denominado pré-sal, em campos localizados na área definida na lei que dispõe sobre a exploração e a produção de petróleo, de gás natural e de outros hidrocarbonetos fluidos, sob o regime de partilha de produção.

A produção de petróleo e gás natural foi recorde em dezembro (Foto: Divulgação)

Ainda conforme a ANP, o aproveitamento do gás natural em dezembro atingiu 94,9%, chegando a 4,9 milhões de metros cúbicos por dia, aproximadamente, 10% de aumento em relação a novembro e de 11,9% em relação a dezembro do ano anterior.

Grande parte da produção de petróleo e gás natural (91,8%) foi proveniente de campos operados pela Petrobras. 93,4% da produção de petróleo e 75,7% da produção de gás natural do Brasil foram extraídos de campos marítimos.

O campo de maior produção de petróleo foi o de Roncador, na Bacia de Campos. A média ficou em 331,5 mil barris por dia, enquanto, o Campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de gás natural, com produção média de 10,3 milhões de metros cúbicos por dia. Já a plataforma P-52, localizada no Campo de Roncador, foi a que registrou maior produção: foram produzidos cerca de mil barris de óleo equivalente por dia.

Colunas

Contraponto