Prefeitura vai reurbanizar o quadrilátero turístico e comercial do Gonzaga

Os serviços, que vão garantir plena acessibilidade, têm valor estimado em R$ 5.673,254,73 e prazo de execução de 12 meses. A verba para a reurbanização é do Dade

Comentar
Compartilhar
27 FEV 201515h26

As avenidas Marechal Deodoro e Marechal Floriano Peixoto no entorno da Praça da Independência, que formam o quadrilátero turístico e comercial do Gonzaga, ganharão um visual totalmente novo, complementando as intervenções já executadas na Av. Ana Costa. A Prefeitura publicou no Diário Oficial de sexta-feira(27) o edital das obras.

Os serviços, que vão garantir plena acessibilidade, têm valor estimado em R$ 5.673,254,73 e prazo de execução de 12 meses. A verba para a reurbanização é do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade), do Governo do Estado.

Novas sarjetas serão construídas, com guias pré-moldadas, e novas bocas de lobo instaladas. As vias receberão 4.220 m² de pavimentação asfáltica e sinalização horizontal e vertical. O projeto prevê ainda a execução de piso em mosaico português e em concreto desempenado mecanicamente, sendo parte deste com pigmentação.

Será instalado piso em ladrilho hidráulico podotátil nas áreas determinadas pela NBR 9050, da Associação Brasileira de Normas Técnicas. É a norma que trata da acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Uma área revestida com piso de lajota de concreto intertravado complementa o projeto.

As obras vão complementar as intervenções já executadas na Avenida Ana Costa (Foto: Divulgação)

Pedestre

O projeto contempla a elevação das faixas de pedestre no meio das vias. Com isso, as pessoas atravessarão a rua com mais conforto, em um plano reto, deixando aos veículos o trabalho de passar pela elevação da pista.

Canteiros verdes serão implantados com a colocação de cordonéis em concreto para delimitação dos jardins. O paisagismo contará com o plantio de grama esmeralda e instalação de 38 floreiras.

Para ampliar as áreas de infiltração da zona urbana será instalado piso drenante. Um total de 17 lixeiras e 14 bancos, distribuídos pelas duas vias, completa o novo mobiliário urbano.

Fiação

Está previsto ainda o embutimento da fiação com a execução de infraestrutura para redes de energia e comunicação, e a instalação de 38 postes de iluminação pública que totalizarão 76 luminárias.

É uma tendência que se firma em todas as obras de requalificação de espaços urbanos na cidade. Assim como a programada ampliação dos passeios, criando áreas de convivência na Rua Floriano Peixoto.