Prefeitura e PM definem ações de segurança para o Carnaval

Representantes da Secretaria de Cultura, Guarda Civil Municipal de Guarujá participaram de reunião com a Polícia Militar.

Comentar
Compartilhar
28 JAN 201313h55

Garantir que munícipes e turistas possam curtir o Carnaval 2013 com segurança e alegria é o objetivo da Prefeitura de Guarujá e da Polícia Militar (PM). Para traçar as principais estratégias que garantam o conforto da população nos dias da Festa de Momo, representantes da PM e do Governo Municipal participaram de reunião na manhã de sexta-feira (25), no 21º BPM/I da Polícia Militar.

A reunião foi conduzida pelo Major PM Rivaldo Pereira, comandante do 21º BPM/I, que estava acompanhado de sua equipe. Participaram ainda da reunião o diretor da Guarda Civil Municipal (GCM), Coronel Raimundo da Silva Filho; a coordenadora da Força-tarefa da Prefeitura, Valéria Amorim, e assessoria técnica da Secretaria Municipal de Cultura, Diretoria de Trânsito e Transporte Público e Diretoria de Fiscalização.

De acordo com o Major PM Rivaldo Pereira, a reunião foi “extremamente produtiva e é importante pegarmos a experiência de cada um, que já mora na Cidade e atua há anos nestas ações, para melhorar ainda mais o Carnaval de Guarujá. Temos tudo para ter êxito”, considerou o comandante do 21º BPM/I.

O diretor da Guarda Civil Municipal ressaltou que o encontro se tratou de uma reunião técnica. “Sempre fizemos estas parcerias quando há grandes eventos e temos como base experiências anteriores. Nosso objetivo é sempre aprimorar, ajustando algumas coisas. Nossa atividade, hoje, já é uma evolução dos anos anteriores. Todas as ações da GCM, Diretoria de Trânsito, Fiscalização e Secretaria de Cultura para este evento contam com o suporte da Polícia Militar”, apontou coronel Raimundo.

A reunião foi conduzida pelo Major PM Rivaldo Pereira, comandante do 21º BPM/I (Foto: Divulgação)

Espumas de Carnaval

A coordenadora da Força-tarefa apontou a importância de conscientizar a população sobre a proibição da venda e uso das latas de spray de espumas de Carnaval (Lei 3.480/07). O grupo fez ações preventivas no ano passado e chegou a apreender 327 latas do produto, que é utilizado por assaltantes espirrando nos olhos das pessoas para cometer furtos e roubos.

Foi acordado que serão destinados ofícios à Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) Guarujá e Associação Comercial e Empresarial de Guarujá (Aceg), para que os comerciantes tenham ciência da proibição da venda do produto.