Prefeitura de Guarujá intensifica ações preventivas de segurança

Visitas aos estabelecimentos têm o objetivo de certificar que as normas estão sendo cumpridas.

Comentar
Compartilhar
30 JAN 201317h48

Cinco proprietários de casas de entretenimentos procuraram a Sala de Situação da Prefeitura de Guarujá, até a manhã dessa quarta-feira (30 de janeiro), com objetivo de solicitar uma visita e esclarecer as dúvidas sobre as ações de segurança em suas casas. A postura desses comerciantes foi um dos itens tratados na reunião da Força Tarefa, realizada na manhã desta quarta-feira (30), no gabinete da prefeita Maria Antonieta de Brito.

O encontro reuniu as equipes de fiscalização da Prefeitura, Policia Militar, Ministério Público, e Corpo de Bombeiros, e foi focada nas ações preventivas de acidentes em casas noturnas e locais de entretenimento. A partir de sábado (2), os estabelecimentos receberão visitas da equipe, de acordo com a capacidade de público, do maior para o menor.

Na reunião, ficou estabelecido que o foco das ações continuará o mesmo, já que segundo o promotor do Ministério Público, André Luiz dos Santos, Guarujá é pioneiro no Estado de São Paulo em manter um grupo especifico para o trabalho de fiscalização e ainda uma Sala para atender a demanda 24 horas.

O major Ricardo Pereira declarou que a Polícia Militar vai continuar apoiando as ações preventivas, de maneira que o objetivo seja manter a ordem, sem que ter que usar nenhum tipo de força e sim com orientação.

Um Força Tarefa foi realizada na manhã desta quarta-feira (30), no gabinete da prefeita Maria Antonieta (Foto: Divulgação)

Além das casas noturnas, e locais de entretenimento e promoção de eventos, uma das preocupações do grupo é uma pratica que vem ocorrendo na Cidade – promotores alugam casas e promovem festas, cobrando ingresso. De acordo com a coordenadora da Força Tarefa, GCM Valéria Amorim, essa é uma situação totalmente desprovida de controle e sem estrutura de segurança.

“Em três meses foram canceladas cinco festas. Guarujá tem excelentes locais para realização de eventos e com qualidade. A Força Tarefa não existe para pegar bandido. Nós prevemos a qualidade de vida dos moradores. Hoje recebemos denuncias dessas festas via Ministério Público e reclamações da própria população. Montamos um calendário de visitas, com objetivo de certificar que ninguém está correndo risco”, explica a GCM.

Comissão

Na terça-feira (29), a equipe da Prefeitura de Guarujá esteve reunida com a Chefe de Gabinete Fátima Khalil, onde ficou acertado que uma comissão será criada para avaliar cada pedido de renovação de alvará e assim como os novas solicitações.