Praia Grande realiza trabalho específico para reduzir mortalidade infantil

A cidade está entre os municípios que tem menor índice na Região.

Comentar
Compartilhar
10 JAN 201318h16

Com um trabalho específico e planejado, Praia Grande reduziu seu índice de mortalidade infantil ao longo dos últimos anos. A Cidade ocupa o terceiro lugar no ranking da Região Metropolitana da Baixada Santista com menor índice de mortalidade infantil. De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde referentes ao ano de 2011, o Município registrou taxa de 13,6 mortes (para cada mil crianças nascidas vivas), ficando atrás apenas de Santos (13) e Bertioga (13,4).

Ações como o acompanhamento da gravidez de risco e do pós-parto foram intensificadas. Constantemente, propostas são debatidas para melhorar ainda mais o atendimento nessa área. Capacitações com médicos do Programa Saúde da Família também são desenvolvidas. A presença de ginecologistas e pediatras no Nasf (Núcleo de Apoio da Saúde da Família) também teve papel fundamental na redução dos índices, assim como uma maior conscientização da comunidade, para incentivar mães na realização dos exames pré-natais.

A Sesap disponibiliza serviços como: o acompanhamento ao pré-natal, ao recém-nascido desde o parto ao primeiro ano de vida, o acesso aos serviços laboratoriais como teste do pezinho, além do incentivo ao parto natural, em vez da cesárea (que implica em riscos por conta de anestesias e do processo cirúrgico), ao aleitamento materno e a vacinação.

Comissão

A Sesap conta com uma Comissão de Mortalidade Materna e Infantil. O órgão realiza reuniões mensais com o objetivo de organizar ações voltadas ao tema. O início dos trabalhos ocorreu em 1999. Atualmente, aproximadamente 15 profissionais fazem parte das atividades.

Evolução

O Hospital Municipal Irmã Dulce, desde 2010, passou a contar com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neo Natal. Os espaços destinados a esse tipo de atendimento na unidade praiagrandense são voltados aos munícipes e também pessoas de outras cidades da Baixada Santista.