Poupatempo atende vítimas do incêndio no Guarujá

RG e Carteira de Trabalho são alguns dos serviços prestados a moradores da Favela Vila da Noite

Comentar
Compartilhar
07 JAN 201419h15

Em função do incêndio de grandes proporções que desabrigou cerca de 200 famílias no último dia 1º de janeiro no Guarujá, o programa Poupatempo, do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura guarujaense, começou o atendimento a partir desta terça-feira, 7 de janeiro, às vítimas afetadas na comunidade Vila da Noite.

Nesta terça, foram realizados 79 serviços, sendo 54 de Carteira de Identidade (RG), 18 de Carteira de Trabalho (CTPS) e 7 do e-poupatempo (serviços públicos pela internet) em solidariedade às famílias que perderam documentos pessoais na ocasião.

Os atendimentos acontecem das 9h às 15h, até esta sexta-feira (10), na Escola Municipal Vereador Francisco Figueiredo, que fica na Av. Tancredo Neves, s/n, bairro Santa Clara, Guarujá. Estão disponíveis à população atendimentos para 1ª e 2ª via do RG, 1ª, 2ª via e continuação da CTPS, serviços do e-poupatempo, como Atestado de Antecedentes Criminais, Boletim de Ocorrência, Comprovante de Situação Cadastral do CPF, dentre outros.

Quase 80 pessoas foram atendidas no primeiro dia; ação vai até sexta (Foto: Divulgação)

As Carteiras de Trabalho ficam prontas na hora. Já as Carteiras de Identidade serão entregues à Secretaria de Assistência Social guarujaense, entre os dias 13 e 16 de janeiro. A pasta repassará os documentos aos moradores.

“O Poupatempo mobilizou 20 colaboradores para atender a comunidade, assim que fomos comunicados pela prefeitura do interesse em realizar a ação. É fundamental a ação rápida do Governo do Estado para ajudar essas pessoas. Sem dúvida esta é uma forma de auxiliar os moradores a recomeçar suas atividades com a cidadania que o documento proporciona”, afirma o secretário adjunto de Gestão Pública, Rogério Barreto, que acompanhou o atendimento no local esta manhã.