Polícia do Canadá evita ataque a shopping center em Halifax

Um suspeito de 19 anos se matou com um tiro após os policiais cercarem sua casa, contou a autoridade

Comentar
Compartilhar
14 FEV 201514h21

A polícia do Canadá frustrou os planos de dois suspeitos que pretendiam realizar um ataque a um shopping de Halifax neste sábado, afirmou uma autoridade de alto escalão das forças de segurança do país. De acordo com o oficial, eles planejavam matar quantas pessoas pudessem antes de se suicidarem.

Um suspeito de 19 anos se matou com um tiro após os policiais cercarem sua casa, contou a autoridade. A outra acusada, uma mulher de 23 anos de Illinois, foi presa no aeroporto de Halifax e confessou a trama, afirmou o oficial, acrescentando que ela havia preparado uma série de depoimentos para serem publicados em seu Twitter após a morte.

O policial informou que os suspeitos usavam uma sala de bate-papo virtual para conversarem e, aparentemente, estavam obcecados pela ideia da morte, compartilhando diversas fotos de assassinatos em massa. A polícia e outras autoridades confirmaram que os ataques não estavam de forma alguma relacionados com o terrorismo islâmico. Segundo as forças de segurança, os suspeitos tinham acesso a armas de fogo.