X

FISCALIZAÇÃO

PM flagra turistas indo para o litoral norte e pede que ninguém vá para a região

A polícia afirma que número de carros com itens de praia nos bagageiros têm aumentado na região

BRUNO LUCCA - FOLHAPRESS

Publicado em 23/02/2023 às 18:50

Atualizado em 23/02/2023 às 18:52

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

PM flagra turistas indo para o litoral norte e pede que ninguém vá para a região / Divulgação

A Polícia Militar de São Paulo pede para que turistas não rumem ao litoral norte do estado durante este fim de semana. O receio é aumentar, sem necessidade, a demanda por agentes nas estradas e nas cidades vizinhas à combalida São Sebastião, fortemente atingida pelo temporal da última semana. 

O alerta, que deve ser publicado nas redes sociais da PM ainda nesta quinta-feira (23), foi instigado pela presença em aumento exponencial de carros com itens de praia em seu bagageiro nas estradas, observada por agentes da Polícia Rodoviária Federal. 

"Hoje pela manhã, tivemos uma reunião com agentes de segurança de várias corporações e foi levantado que estão observando muitos carros com cadeiras de praia e guarda-sóis rumo ao litoral norte, o que não é plausível", diz o tenente-coronel Rodrigo Cabral, da divisão de comunicação da Polícia Militar. 

Ele diz ser inexistente a possibilidade de bloqueio das estradas, mas que o intuito é apelar à consciência das pessoas. 

"Se fecharmos a estrada com barreiras, tiramos agentes de áreas onde realmente podem ajudar. Não é nosso pensamento. O importante é que as pessoas tenham noção da tragédia e do caos instaurado na região. Como alguém pode querer curtir assim?", completa o tenente-coronel. 

Nesta manhã, equipes do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) conseguiram desobstruir o último ponto de interdição total da rodovia Rio-Santos, na altura do km 174, trecho da Praia Preta, na costa sul de São Sebastião. O tráfego está autorizado somente para veículos oficiais e de resgate. 

O número de mortos chegou a 49 em decorrência das chuvas históricas que atingiram o litoral norte paulista no último final de semana (dias 18 e 19) -são 48 em São Sebastião e um em Ubatuba. O total foi atualizado na manhã desta quinta (23) pelo governo do estado. Ao todo, 38 vítimas já foram identificadas e os corpos liberados para sepultamento. São 13 homens, 12 mulheres e 13 crianças. 

O total de pessoas fora de casa, desabrigadas ou desalojadas, chega a 3.529. Os desaparecidos somam 36, mas os números podem mudar, já que, segundo a Defesa Civil, ainda há vítimas sob os escombros de estruturas que cederam. 

As cidades do litoral norte paulista terão chuvas todos os dias pelo menos até sexta-feira (24), segundo previsão do Climatempo. A região é palco de uma tragédia por causa de chuvas históricas do último final semana, que deixaram ao menos 48 pessoas mortas e dezenas de desaparecidos.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

Nacional

Não perca as contas: você sabe quantas vezes o cantor Fábio Jr. se casou?

A lista é bem extensa e pode confundir os fãs

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter