Papa Francisco descarta rótulo de "marxista"

Francisco disse: "a ideologia marxista está errada". Mas o pontífice acrescentou: "conheci muitos marxistas que foram boas pessoas e, portanto, não me sinto ofendido" pelo rótulo

Comentar
Compartilhar
15 DEZ 201314h42

O papa Francisco está descartando o rótulo de "marxista" que alguns ultraconservadores têm dado a ele por conta de indicações dadas de que o crescimento econômico nem sempre ajuda aos pobres.

Em entrevista ao jornal italiano La Stampa, publicada neste domingo, o papa Francisco disse: "a ideologia marxista está errada". Mas o pontífice acrescentou: "conheci muitos marxistas que foram boas pessoas e, portanto, não me sinto ofendido" pelo rótulo.

O papa confirmou que os planos para sua viagem à Terra Santa no ano que vem estão progredindo.

O papa Francisco está descartando o rótulo de 'marxista' (Foto: Agência Brasil)