Oscar Magrini será Martim Afonso na encenação de São Vicente de 2014

Armando Babaioff também estará no elenco do musical que estreia dia 22

Comentar
Compartilhar
09 JAN 201415h21

O ator santista Oscar Magrini  vai personificar Martim Afonso de Souza, na 32ª temporada do espetáculo da Encenação da Fundação da Vila de São Vicente, que estreia a temporada no próximo dia 22, em meio às comemorações dos 482 anos do Município. Mais uma vez, a história daquela que seria a primeira vila (depois cidade) do País, será contada em forma de musical, com roteiro e direção geral de Amauri Alves, secretário da Cultura de São Vicente.

Magrini é santista e iniciou a carreira como modelo fotográfico, depois de formar-se em Educação Física. Começou fazendo figurações e comerciais, deslanchando em inúmeros trabalhos na TV, cinema e teatro. Na TV, seu mais recente trabalho foi na novela Salve Jorge (Globo), em 2012, quando interpretou o coronel do Exército Geraldo Nunes.

Mais nomes

Armando Babaioff é outro nome confirmado para a temporada 2014 da Encenação. Ele vai interpretar o líder indígena Tibiriçá que intermediava os embates entre os índios que habitavam o litoral e os soldados portugueses das expedições. Babaioff é pernambucano de Recife, formado em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. No currículo dele, inúmeras peças teatrais e novelas, a mais recente Sangue Bom (Globo), no ano passado.

Ainda no elenco da Encenação, que reúne em cena perto de mil atores amadores, bailarinos, dançarinos, brincantes de quadrilhas juninas, cantores e artistas de circo, estarão nomes como Hélio Cícero (ator veterano nas montagens do espetáculo), como o anjo narrador; Marcos Azevedo (ator vicentino fundador da Cia. Ópera Seca, com Gerald Thomas), como Pero Lopes; o apresentador de TV Tony Lammers, com padre Gonçalo; e Thamires Ohana, mais uma vez como Bartira.

O ator santista Oscar Magrini  vai personificar Martim Afonso de Souza, na 32ª temporada do espetáculo da Encenação da Fundação da Vila de São Vicente (Foto: Divulgação)

Do exterior - Este ano a Encenação ganhará status internacional, com a participação de atores estrangeiros, especialmente convidados, sem ônus para a organização do espetáculo. De Portugal virá o brasileiro radicado em Vila do Conde, Marcelo Lafontana; do Peru, Enrico Méndez Ore; do Equador, Esteban Ruíz Tapia; e do México, Gabriela Rosas.

Flávio Medeiros, produtor musical da região radicado em Los Angeles, Estados Unidos, assina a instigante trilha musical. Nesse campo, a novidade será uma "pegada" mais moderna dos temas, incluindo muito rock. A realização é da Associação dos Artistas, com apoio do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Turismo.