CAMPANHA DE 1 A 11

Orlas das praias de Guarujá ganharão 120 bicicletários

Cada conjunto tem capacidade para 10 bicicletas. Com isso, os ciclistas terão à disposição cerca de 240 vagas na orla da praia

Comentar
Compartilhar
25 FEV 2020Por Da Reportagem17h30
O primeiro local contemplado é a Praia de Pitangueiras, onde dois equipamentos já foram instaladosFoto: Hygor Abreu/PMG

A Prefeitura de Guarujá iniciou a instalação de 120 bicicletários nas orlas das praias da Cidade. Os bicicletários são em formato de ‘R’ e cada conjunto tem capacidade para 10 bicicletas.

Os equipamentos serão instalados nos locais de grande fluxo. A implantação faz parte do Plano de Mobilidade Urbana, que tem entre outros objetivos a melhoria da acessibilidade e mobilidade dos usuários.

Com isso, os ciclistas terão à sua disposição cerca de 240 vagas. O primeiro local contemplado é a Praia de Pitangueiras, onde dois equipamentos já foram instalados - trabalho que se estenderá às demais praias da Cidade, com previsão de término até o final deste primeiro semestre

“Investir em bicicletários é uma maneira de ordenar a Cidade e estimular o uso da bicicleta. É um modal que proporciona qualidade de vida e economia”, declarou o diretor de trânsito do Município.

MALHA CICLOVIÁRIA
Guarujá possui cerca de 60 km de malha cicloviária. No último ano, a Diretoria de Trânsito (Ditran) implantou ciclofaixas na Praia das Astúrias, realizou a  interligação da ciclofaixa entre Astúriase Pitangueiras, interligou a ciclofaixa da Praia do Tombo com as Astúrias e implantou a ciclovia na Avenida Marjory Prado.

As equipes também revitalizaram a ciclofaixa da Praia da Enseada e da Estrada de Pernambuco; e promoveram melhorias nos novos bicicletários e ciclovia da Avenida Thiago Ferreira (Vicente de Carvalho), revitalizaram a ciclofaixa na Avenida Puglisi (Centro) e instalaram bicicletários na Praia das Astúrias.

REDUÇÃO DE MORTES
Com esses investimentos, Guarujá reduziu o número de mortes de ciclistas em 2019. Os dados foram divulgados
pelo Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga- SP). A Cidade registrou em 2018 o total de oito mortes. Já em 2019, o número caiu para seis, uma redução de 25%.