FEMINICIDIO

Ônibus que se acidentou em São Paulo não tinha condições de trafegar, diz Doria

O acidente matou dez pessoas e deixou 51 feridas na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro

Comentar
Compartilhar
10 JUN 2019Por Agência Brasil13h25
A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados às 21h38Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

O governador de São Paulo, João Doria, disse hoje (10), que as informações preliminares apontam que o ônibus que se acidentou na noite de ontem (9), na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, não tinha condições de trafegar.

“Tudo indica que o ônibus não estava em condições adequadas para fazer a trajetória, subindo uma serra de 1,8 mil metros e na sua descida perdeu freio”, disse, após participar do 8º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria.

O acidente matou 10 pessoas e deixou 51 feridas. Segundo o governador, o ônibus, que levou um grupo de turistas para uma excursão em Campos do Jordão, perdeu o controle na descida e arrastou outros veículos. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados às 21h38.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, os feridos foram encaminhadas para hospitais de Pindamonhangaba, Taubaté e Campos do Jordão. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Taubaté, onde foi registrada a ocorrência policial.

Colunas

Contraponto