Número de divórcios em Santos se mantém estável

O número total de divórcios lavrados no estado de São Paulo também manteve-se praticamente estável, com uma variação de apenas 0,4%

Comentar
Compartilhar
01 ABR 201512h09

O número de divórcios consensuais, que só podem ser realizados diante de um tabelião, se manteve estável em Santos. Foi o que constatou o último levantamento realizado pelo Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo (CNB/SP).

De acordo com a instituição, em 2013 os cartórios de notas da cidade lavraram 385 divórcios diretos e conversões de separação em divórcio. Já em 2014, esse número foi de 384, o que representa uma queda de apenas 0,3%.

Ainda segundo o CNB/SP, a tendência é que o número de divórcios vá gradativamente se estabilizando após ter sofrido algumas flutuações com a implantação de uma mudança na lei, em 2010, que extinguiu os prazos necessários para a realização do divórcio.

 Em 2014, os casos caíram 0,3% em relação a 2013 (Foto: Luiz Torres/DL)

Uma maior conscientização da população sobre as vantagens dos divórcios realizados em cartórios de notas, como prazos mais curtos e menos burocracia, também foi responsável pelo aumento no número de divórcios no estado de São Paulo em anos anteriores.

O número total de divórcios lavrados no estado de São Paulo também manteve-se praticamente estável, com uma variação de apenas 0,4%. Enquanto em 2014 foram realizados 17.652 divórcios, o ano de 2013 contabilizou 17.577 lavraturas.