Mais 11 bichinhos ganham novo lar em Feira de Adoção

Além disso, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) já definiu calendário das feiras até o final do ano

Comentar
Compartilhar
25 MAR 201411h42

No último sábado (22), 11 bichinhos vítimas de maus tratos e abandono ganharam um novo lar em Guarujá. Eles estavam disponíveis na Feira de Adoção de Animais, no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), na Rua Professora Maria Lídia Rego Lima, 301 – no Jardim Conceiçãozinha. Um total de 50 animais, entre cães e gatos aguardava por uma nova família. A realização desta, que foi a primeira Feira do ano, é da Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria da Saúde.

O jovem Luan Nascimento Mattos, 13 anos, levou pra casa um cãozinho filhote. “Ele é bonitinho e vou cuidar bem dele, mas ainda não escolhi o nome”. O pai de Luan, o autônomo Jorge Mattos contou que desde os 5 anos, o filho pede por um animal. “Eu dizia a ele que só quando ele estivesse mais velho. Agora com 13 (anos) ele pode cuidar melhor do bichinho”. Jorge ainda elogiou o serviço realizado pela Prefeitura. “O CCZ tem um trabalho muito bom. São várias campanhas e as pessoas precisam se conscientizar”.

Feira de adoção (Foto: Pedro Rezende/PMG)

O diretor de Vigilância em Saúde de Guarujá, Marco Antonio Chagas da Conceição, fala sobre a realização da Feira de Adoção no próprio CCZ. “Ao fazer o evento aqui no Centro percebemos que vêm aqueles que realmente estão dispostos a adotar um animal. Quando fazíamos em outros locais, por exemplo, percebemos que as pessoas acabavam levando um animal, muito pelo calor da emoção, e infelizmente esses animais acabavam retornando ao Canil”.

Quem decidiu levar um cachorro mais adulto foi a operadora de caixa, Marcela da Silva Cruz, de 26 anos. “Olhei alguns cães, mas ele foi o único que balançou o rabinho quando me viu”. Conforme explica o veterinário do CCZ, João Paulo Perchiavalli, a orientação para que adota um animal no Canil Municipal. “Alertamos sobre a prevenção as verminoses, a importância da vacinação e dos cuidados com os filhotes. A função da feira é também para ajudar as pessoas no sentido de que o animal cresça saudável contribuindo assim para a redução da população animal”, justificou.

Próximas feiras – Quem não pode comparecer ao Canil Municipal no sábado (22), terá novas oportunidades, já que foi definido calendário para o ano inteiro. A próxima Feira ocorre no dia 26 de abril, das 10 às 15 horas. Confira a programação completa: 24/05; 28/06; 26/07; 23/08; 27/09; 25/10; 22/11 e 20/12. As Feiras acontecerão no próprio CCZ. Todos os animais são vermifugados, vacinados e castrados (adultos).