X
Cotidiano

Mãe expõe falta de cozinheira em escola de Santos

Segundo ela, isso vem ocorrendo desde a semana passada, na UME Rubens Lara, no Morro Nova Cintra. A UME Cyro de Athayde Carneiro também estaria sofrendo o mesmo ­problema

Revoltada com a falta de cozinheira na escola, a mãe Marly Siqueira, resolveu publicar em seu perfil, nas redes sociais, a foto do filho mostrando um bilhete da direção do colégio alertando a situação. Segundo ela, isso vem ocorrendo desde a semana passada, na Unidade Municipal de Educação (UME) Rubens Lara, localizada na Rua Lucinda de Matos, 293 - Morro Nova Cintra. A UME Cyro de Athayde Carneiro também estaria sofrendo o mesmo ­problema.

O bilhete possui um carimbo de 5 de março último. A Direção informa aos pais que, a partir do dia 6 (dia seguinte), o “almoço e o lanche da tarde estarão suspensos em função da falta de cozinheiras” na unidade. Apenas os alunos da Escola Total iriam receber almoço. “Aos demais, será fornecido lanche seco”, completa a Direção.  

Direito

“Olha o absurdo. É direito da criança ter uma refeição na escola. Se não está tendo por falta de profissionais, por que não contratam novas cozinheiras? Muitas passaram no concurso público e até hoje não foram chamadas. Eu, como mãe, quero a solução”, afirma a mãe em seu perfil.  

Procurada pela Reportagem, Marly disse que, infelizmente, isso é uma realidade.  Ela também reclama da falta de material e uniforme escolar e diz que a Administração teria suas atenções voltadas mais para o lado da orla de praia do que para a periferia da Cidade.

Bilhete informa que falta de cozinheira impede o fornecimento de refeições às crianças

Vereadores

A mãe chegou ainda a pedir ajuda de dois vereadores, Lincoln Reis (PR) e Audrey Kleys (PP), mas somente Kenny Mendes (PSDB) e Telma de Souza (PT) cobraram  uma solução na última segunda-feira (5), via plenário da Câmara.

Prefeitura

Em nota, a Secretaria de Educação (Seduc) esclarece que das seis cozinheiras, quatro estão em licença médica. Informa ainda que na própria segunda-feira remanejou funcionárias para que a merenda fosse servida normalmente no dia seguinte, quando a Direção disse que não haveria comida.

Destaca também que nomeou duas novas cozinheiras e que uma delas começa hoje na UME Rubens Lara. A Seduc destaca que o fornecimento da merenda está sendo feito e que todas as refeições foram servidas ontem normalmente.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Presidente do Delfín revela proposta do Santos por gigante zagueiro equatoriano

Assim como fez no Corinthians, o técnico Fábio Carille deve iniciar a reformulação do elenco santista para 2022 pela defesa

Santos

Incêndio em apartamento assusta moradores em Santos

Um incêndio em um apartamento na Rua Barão de Paranapiacaba, na Encruzilhada, em Santos, mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros na tarde desta terça-feira (30)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software