X

Cotidiano

Linha Conheça Santos tem parada para visitar o Pantheon dos Andradas

O city tour panorâmico parte quinta e sexta, às 10h e 14h do Posto de Informações Turísticas do Gonzaga

Da Reportagem

Publicado em 13/07/2018 às 00:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A linha turística está com atendimento ampliado até o próximo dia 29, de forma a atender melhor às necessidades dos turistas / Divulgação/PMS

Monumento em homenagem a José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência, e seus irmãos Antonio Carlos, Martim Francisco e padre Patrício Manuel, o Pantheon dos Andradas, inaugurado em 1923, é o ponto de parada para visitação, de sexta até domingo, da Linha Conheça Santos.

O city tour panorâmico, com monitoria de guia de turismo e passagem a R$ 15,00, parte quinta e sexta, às 10h e 14h do Posto de Informações Turísticas do Gonzaga (funciona no Posto de Salvamento 3, na orla). Já aos sábados e domingos há mais um horário à disposição durante as férias de inverno: 11h, 13h e 15h. Não é preciso fazer reserva antecipada.

Circulando por cerca de 40 locais de interesse histórico-cultural, a linha turística está com atendimento ampliado até o próximo dia 29, de forma a atender melhor às necessidades dos turistas – fora das temporadas de inverno e verão, os ônibus circulam apenas aos sábados, domingos, feriados e pontos facultativos.

Pantheon

O templo cívico ocupa o espaço da antiga portaria do Convento do Carmo e conta com monumento projetado pelo escultor Rodolfo Bernardelli, feito na Itália – as peças chegaram em 19 caixas, foram a leilão por questões alfandegárias e arrematadas por comerciantes e pela Sociedade Humanitária de Santos.

A estátua em relevo de José Bonifácio de Andrada e Silva encontra-se no centro do salão principal – sob esta, em duas caixas de aço, está grande parte de seus restos mortais. Confeccionada em mármore branco, à esquerda do monumento do patriarca está a urna funerária de Antonio Carlos Ribeiro de Andrada Machado e Silva, iluminada por pequeno lustre pendente de vidros coloridos.

 Já a urna funerária de Martim Francisco Ribeiro de Andrada encontra-se à direita do monumento ao patriarca e, sobre ela, lustre pendente de vidros coloridos preso a duas correntes formando um triângulo invertido, um dos símbolos da Maçonaria, à qual pertenciam os irmãos Andrada.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Com prejuízo de R$ 500 mi, Carrefour anuncia o fechamento de 123 lojas

Entre as unidades fechadas, 16 são hipermercados da própria marca; os demais são de bandeiras Todo Dia, Nacional e Bom Preço

Polícia

Mulher é estuprada dentro de delegacia em Guarujá; agressor é preso

Funcionária da Delegacia Sede da Cidade sofreu a violência dentro de sua sala de trabalho; homem foi preso em flagrante

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter