Governo SP

Jardim casqueiro: Tem entulho no meio do caminho

Diário do Litoral denuncia, mais uma vez, o entulho jogado entre as ruas Estados Unidos e São Pedro.

Comentar
Compartilhar
05 DEZ 201209h43

Os moradores do Jardim Casqueiro, nas redondezas das ruas Estados Unidos e São Pedro, convivem diariamente com um problema na esquina de casa: lixo, muito lixo. Consequentemente, mau cheiro, insetos e roedores.

Pela terceira vez, a reportagem do Diário do Litoral recebeu reclamações de munícipes que não aguentam mais o mau cheiro provocado pelo entulho que é depositado na esquina entre as ruas. Ao perceber a presença da reportagem, os pedestres alertam: “Esse lixo fede muito e faz semanas que está aí”.

Uma senhora, que passava pelo local com os filhos e preferiu não se identificar, comentou mais conformada: “O lixeiro passa por aqui de vez em quando e retira o lixo. Os moradores não têm onde jogar entulho”, explica.

O problema é que o local não é só depósito de entulho, mas de lixo orgânico também. A reportagem encontrou restos de comida misturados às sobras de construção e móveis velhos.

Além da questão sanitária e ambiental, o lixo no meio da calçada vira um problema também de mobilidade urbana. A esquina está próxima a um ponto de ônibus e os pedestres precisam desviar o caminho pelas vias. O local é um cruzamento de tráfego intenso por conta dos transportes público e alternativo pela passam pelas duas ruas citadas. 

Não é a primeira vez que o DL denuncia o depósito de lixo localizado no cruzamento das ruas Estados Unidos e São Pedro. Na época, em meados de maio, a Prefeitura alegou que o cata-treco passa pelo local semanalmente.

A calçada é transformada em depósito de lixo, impedindo a passagem de pedestres (Foto: Matheus Tagé/DL)

Desta vez, a Prefeitura respondeu que a Secretaria de Manutenção e Serviços Públicos providenciará a limpeza do local. Contudo, pediu a colaboração dos moradores para que denunciem o descarte ilegal de detritos no local pelo telefone 3361-2177.

Segundo informações da Prefeitura, o bairro conta com coleta de lixo diariamente. Há também a passagem diária do veículo catapoeira e serviço de varrição de ruas e calçadas.

Toda quinta-feira, o caminhão cata-treco passa pelos núcleos Jardim Casqueiro, Ponte Nova, Jardim São Luiz e Ilha Caraguatá, recolhendo móveis velhos e outros detritos. A administração informou ainda que a recuperação da calçada está entre as prioridades da Secretaria de Manutenção e Serviços Públicos para o bairro.

Colunas

Contraponto