Itanhaense é finalista da Olimpíada de Língua Portuguesa

A aluna viajará nos dias 9, 10 e 11 de dezembro para disputar a final do concurso, em Brasília.

Comentar
Compartilhar
05 DEZ 201211h59

 

De malas prontas, a estudante Thamires Luiza Pratt da Silva, do 2º ano do Ensino Médio, da Escola Técnica Estadual (ETEC) de Itanhaém disputará nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, em Brasília, a final da ‘Olimpíada de Língua Portuguesa – Escrevendo o Futuro’. A menina, que já garantiu a medalha de prata ao ser finalista na categoria ‘Artigo de Opinião’, está entre os 38 classificados de todo o Brasil.
 
Confiante, Thamires é a única aluna da Baixada Santista e está entre os cinco do Estado de São Paulo no concurso pela categoria ‘Artigo de Opinião’. Para chegar até a final, ela teve que passar pelas seguintes fases: escolar, municipal, estadual, regional e agora concorre na etapa nacional.
 
A Olimpíada é famosa por reunir na mesma competição estudantes de escolas municipais, estaduais e federais, dividindo-os nas categorias ‘Artigo de Opinião’, ‘Crônicas’, ‘Memórias’ e ‘Poemas’. Somente este ano, o concurso recebeu aproximadamente três milhões de textos.
 
Com o texto intitulado ‘Parelheiros: estrada para a glória ou ruína?’, a jovem argumentou que a construção da estrada parelheiros é necessária para aliviar o trânsito da Imigrantes nos feriados. “Durante as palestras oferecidas pela escola, a professora comentou sobre a construção. Naquele momento uma aluna opinou de forma negativa, então pensei em ressaltar os benefícios da construção da estrada”, explica Thamires.
 
A estudante cursa o 2º ano do Ensino Médio integrado ao curso técnico de Informática para Internet. Este ano a jovem conclui o curso de inglês que teve duração de seis anos e já estuda Francês. Ela sabe a responsabilidade que carrega ao representar a Baixada e o Estado de São Paulo.
 
“Estou muito tranquila mesmo porque meu objetivo era chegar até Brasília. Quero a medalha de ouro, mas se eu não alcançar, a minha meta já foi cumprida”, ressalta a estudante.
 
A ETEC de Itanhaém atende em torno de 700 estudantes do 1º ao 3º ano do Ensino Médio e cursos técnicos. 

A menina já garantiu medalha de prata ao ser finalista na categoria ‘Artigo de Opinião’ (Foto: Divulgação)
 
Trajetória
 
Desde 2008, Thamires coleciona medalhas conquistadas no período em que estudou na E.M. Profª Maria Conceição Luz, com duas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA); prata e bronze na Olimpíada de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP); e duas na ‘Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro’.
 
Municipal
 
O aluno Gabriel Trindade da Silva Bezerra também representou o Estado de São Paulo na semifinal da Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro’, disputada pela categoria ‘Memórias’. O jovem estudante da 7ª série, da E.M. Noêmia Salles Padovan esteve no mês de novembro, em São Paulo, onde foi premiado com medalha de bronze ao participar da etapa regional.

 

Colunas

Contraponto