Impasse deixa trabalhadores sem pagamento há dois meses

O Sofitel Jequitimar Guarujá, localizado na praia de Pernambuco, em Guarujá, já foi inaugurado, mas cerca de 30 trabalhadores contratados durante as obras que já foram dispensados

Comentar
Compartilhar
03 MAR 201300h18

O Sofitel Jequitimar Guarujá, um hotel resort, de propriedade do apresentador Sílvio Santos, localizado na praia de Pernambuco, em Guarujá, já foi inaugurado, mas cerca de 30 trabalhadores contratados durante as obras que já foram dispensados, ainda estão com pagamentos e rescisões contratuais pendentes.

Segundo o eletricista Arivaldo Santana, eles foram contratados pela empresa Gelu Serviços de Elétrica e Comércio de Materiais Elétricos, prestadora de serviços da Themon, instaladora de elétrica e hidráulica, contratada pela Sisan Empreendimentos Imobiliários, de Sílvio Santos.

“Eu fui mandado embora em novembro e estou sem receber salário, a quitação do contrato e os direitos trabalhistas. A gente vem aqui (escritório da Gelu, instalado no Jequitimar) e não consegue receber. Não sei o que fazer”, declarou Arivaldo.

Já o eletricista André Luiz Silva, mostra a carteira de trabalho só com o registro da data de admissão feito pela Gelu. “Eu fui contratado no dia 12 de maio e mandando embora no dia 15 de novembro e até agora não recebi a quitação do contrato. Só me pagaram o salário de novembro. A gente quer uma resposta das empresas, saber qual a resolução deles. Sou pai de família, tenho cinco filhos, preciso do dinheiro”.

A firma que contratou os trabalhadores respondeu que ainda não efetuou o pagamento das rescisões, pois aguarda o repasse da Themon e mantém negociações com a empresa. Já a Themon informou que quitou o que devia à Gelu, com o pagamento dos salários de novembro de alguns trabalhadores, não restando mais pendências.