Geraldo Alckmin anuncia Poupatempo para São Vicente

Com investimento de quase R$ 2,6 milhões, posto beneficiará mais de 350 mil pessoas que residem no município litorâneo

Comentar
Compartilhar
29 MAR 201418h28

Um dos programas mais populares do Governo do Estado de São Paulo está chegando a São Vicente, na Baixada Santista. O Poupatempo, gerenciado pela Secretaria de Gestão Pública, foi anunciado neste sábado, 29, pelo governador Geraldo Alckmin, durante visita às obras da estação Nossa Senhora das Graças do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

“É um Poupatempo com Detran”, fez questão de destacar o governador ao anunciar a boa notícia durante visita a três municípios da Baixada Santista. Alckmin lembrou ainda que, daqui um mês e meio, será a vez de Praia Grande inaugurar sua unidade do Poupatempo. Dados da unidade de São Vicente foram detalhados pelo secretário de Gestão Pública, Davi Zaia.

A cidade vicentina era a única do Estado com mais de 350 mil habitantes que ainda não contava com o programa. Ela foi incluída no Plano de Expansão do Poupatemo, que aumentará consideravelmente o número de postos existentes – atualmente são 36 em todas as regiões. Estudos que levaram em conta a demanda e o deslocamento necessário a outras unidades já instaladas vão proporcionar à população paulista a possibilidade de contar com o programa o mais próximo possível de onde vivem.

Na 39ª unidade do Plano de Expansão, o investimento no primeiro ano é de quase R$ 2,6 milhões, sendo R$ 1,150 milhão de implantação e R$ 1,440 milhão de custeio anual.

“A inclusão de São Vicente à ampliação do Poupatempo vem contemplar o desejo de aproximar cada vez mais os serviços públicos dos cidadãos paulistas, era uma das únicas cidades grandes do Estado que ainda não possuía unidade em implantação. A Baixada Santista contará com uma grande cobertura do programa. Desde sua criação, há 16 anos, o Estado de São Paulo cresceu e é preciso crescer com ele, levando à população o rápido acesso, a facilidade de locomoção e a qualidade no atendimento”, explica o secretário de Gestão Pública, Davi Zaia, ao falar do programa que contabiliza 99% de aprovação dos usuários.

Com o novo posto, mais de 350 mil vicentinos serão beneficiados. O início das obras depende da aprovação do local disponibilizado pela prefeitura. Depois disso, será elaborado o projeto da unidade e definido o cronograma de adaptações e treinamentos pelo Governo do Estado.

Governador Geraldo Alckmin anuncia a chegada do Poupatempo a São Vicente, na Baixada Santista (Foto: Vagner Campos)

Serviços

O Poupatempo São Vicente poderá realizar cerca de mil atendimentos por dia e contará com mesas para atendimento, retirada de documentos, triagem, sala médica, sala de funcionários, entre outros.

Entre os serviços, estão os do novo Detran.SP; principal parceiro do programa, com atendimentos ligados à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) – como renovação e transferência, além de licenciamento e outras orientações relacionadas ao trânsito.

Os usuários poderão contar ainda com o IIRGD (Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt), responsável pela emissão da Carteira de Identidade (RG) e Atestado de Antecedentes Criminais, e com a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, na emissão da Carteira de Trabalho.

Serviços eletrônicos, como a Nota Fiscal Paulista, B.O Eletrônico e consultas à Secretaria da Fazenda podem ser feitos pelo e-poupatempo. E a unidade bancária no local facilita o cidadão no recolhimento das taxas geradas pelo posto.