Etanol se mantém em vantagem à gasolina na 1ª semana de maio em São Paulo

Levantamento mostrou que o nível ficou em 64,84% na primeira semana do mês na capital paulista

Comentar
Compartilhar
12 MAI 201514h42

A relação entre o preço médio do etanol e o valor médio da gasolina permaneceu vantajosa para o consumidor paulistano que utiliza o derivado de cana-de-açúcar no início de maio, segundo a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Levantamento mostrou que o nível ficou em 64,84% na primeira semana do mês na capital paulista. O número apurado representou avanço ante o verificado na quarta e última semana de abril, quando a relação havia sido de 61,63%, mas ficou bem abaixo do observado na primeira semana de maio de 2014 (70,82%).

De acordo com especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder do etanol é de 70% da gasolina. A relação atual também está abaixo das verificadas em períodos idênticos de 2011 (75,51%), 2012 (69,90%) e 2013 (71 66%).

Em outro tipo de levantamento da Fipe, que leva em conta a metodologia do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), o valor médio do etanol apresentou queda de 2,23% na primeira quadrissemana do mês (últimos 30 dias encerrados em 7 de maio) ante recuo de 2,70% no período de 30 dias até o fim de abril. Quanto à gasolina, o combustível saiu de uma variação negativa de 0,55% no fechamento de abril para um declínio de 0,72% no começo de maio.

A relação entre o preço médio do etanol e o valor médio da gasolina permaneceu vantajosa para o consumidor paulistano (Foto: Arquivo/DL)