Entidades podem promover lanches e refeições em abrigos de Santos

A solicitação pode ser feita pela internet, mediante preenchimento de um formulário com informações sobre o perfil de atuação assistencial e a ação desejada

Comentar
Compartilhar
18 SET 2021Por Da Reportagem16h33
Equipe do Projeto Acadêmico de Assistência aos Povos Indígenas (Paapi) compareceu a 11 equipamentos de acolhimento do Município para a distribuição de 300 pizzasEquipe do Projeto Acadêmico de Assistência aos Povos Indígenas (Paapi) compareceu a 11 equipamentos de acolhimento do Município para a distribuição de 300 pizzasFoto: Divulgação/PMS

Grupos que prestam auxílio a pessoas em situação de rua, com doação de lanches e refeições, podem desenvolver ações em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Seds). A solicitação pode ser feita pela internet (link: https://cutt.ly/BzXOX0q), mediante preenchimento de um formulário com informações sobre o perfil de atuação assistencial e a ação desejada.

Nesta semana, a equipe do Projeto Acadêmico de Assistência aos Povos Indígenas (Paapi) compareceu a 11 equipamentos de acolhimento do Município para a distribuição de 300 pizzas. Sediada em Santos, a entidade oferece serviços a comunidades indígenas de outros estados. Contudo, com o trabalho atualmente restrito pela pandemia de covid-19, surgiu a ideia de auxiliar a população da Cidade.

Uma das coordenadoras do grupo, Júlia de Melo, disse ser muito vantajoso o acompanhamento da Prefeitura no desenvolvimento da ação. "A gente não tinha contato direto com os locais. Então, pudemos vir e conhecer. Apesar de nosso projeto ser com outro público, gostamos de ajudar sempre que possível", comentou, durante visita a um abrigo municipal (Seabrigo-AIF, Macuco), que atende cerca de 40 adultos em situação de rua.