Dias de jogos do Brasil não será feriado na Região

Todos os municípios terão horário especial de atendimento em órgãos públicos

Comentar
Compartilhar
10 JUN 201410h28

A dois dias da abertura da Copa do Mundo, em São Paulo, já é possível afirmar que vai ter Copa, sim. Mas não terá feriado e nem ponto facultativo em dia de jogo da Seleção, nas nove cidades que compõem a Baixada Santista. Todos os municípios informaram que haverá horário especial de atendimento em órgãos públicos, mas que os serviços essenciais vão funcionar normalmente.

Em Santos, as repartições públicas funcionarão nos dias 12 e 23 de junho até às 15 horas, e no dia 17 somente até às 14 horas. Segundo informou a prefeitura da Cidade, as escolas municipais terão horário diferenciado nos jogos do Brasil. De acordo com decreto do prefeito Paulo Alexandre Barbosa, divulgado no Diário Oficial, os alunos da rede municipal das 80 unidades educativas, terão aulas normais. Os estudantes da parte da tarde serão liberados no mesmo horário dos funcionários públicos. À noite, não haverá atividade. A Secretaria de Educação (Seduc) informou que os conteúdos pedagógicos serão repostos para não haver prejuízo aos estudantes.

Guarujá terá o mesmo horário de expediente que Santos. Em 12 e 23, os funcionários serão liberados às 15 horas, e dia 17 às 14 horas. Na Cidade, os estagiários que desenvolvem suas funções no horário vespertino terão suas cargas horárias remanejadas para o período da manhã.

 Paço Municipal de Cubatão já está todo enfeitado para o início do mundial (Foto: Divulgação/PMC)

Em São Vicente, de acordo com portaria de 7 de maio, os expedientes nas repartições públicas de serviços internos, externos e em escolas públicas terminam às 12 horas em dia de jogos.

Em Cubatão, os servidores municipais serão dispensados duas horas antes do início dos jogos. A prefeitura fez questão de informar que os serviços essenciais, como os de atendimentos nas unidades de saúde da Cidade funcionarão em tempo integral e em horário de expediente normal. Bertioga e Peruíbe seguirão o mesmo esquema, e vão liberar os funcionários duas horas antes das partidas da primeira fase. Já em Praia Grande, o expediente administrativo será encerrado às 13h em todas as repartições, menos nos hospitais, na Guarda Municipal e na coleta de lixo.

Em Itanhaém, os expedientes administrativos serão encerrados, em todos os jogos, às 14 horas. Mongaguá informou que ainda não foi definido o cronograma.