Desabrigados em Cubatão chegam a 1,5 mil

Dos desalojados, cerca de mil estão em equipamentos públicos. Os restantes estão em casas de parentes

Comentar
Compartilhar
25 FEV 201310h16

Mais de 1.500 pessoas estão sendo assistidas pela Prefeitura de Cubatão em virtude da enchente da última sextafeira. Dessas, 1.048 estão alojadas em equipamentos públicos. No Centro Esportivo Castelão, na Escola Estadual Júlio Conceição, ambos no Centro, e na UME Alagoas, no Pinheiro do Miranda.

A maior parte dos desalojados é do bairro da Água Fria e algumas do Caminho dos Pilões. Cerca de 590 pessoas entre adultos, adolescentes e crianças estão abrigadas em casas de parentes e amigos. Elas já foram cadastradas e estão recebendo a assistência por parte do Poder Público. A Cidade segue em estado de emergência, decretado na manhã deste domingo (25) pela prefeita Marcia Rosa (PT).

Doações

A Prefeitura de Cubatão continua arrecadando doações para as pessoas que ficaram desabrigadas. No Centro Esportivo Castelão, na Rua Embaixador Pedro de Toledo, 365, estão concentrados o recebimento de colchões, roupas de cama e banho e ventiladores.

Donativos -  O Centro Esportivo Castelão, na Rua Pedro de Toledo, no Centro, concentra a arrecadação de donativos (Foto: Divulgação)

Aulas suspensas nas escolas municipais

Estão suspensas as aulas nas escolas municipais de Cubatão entre esta segunda (25) e terça-feira (26). Exceção, a Escola Estadual Júlio Conceição, que está funcionando como ponto de abrigo para os desalojados, cancelou o atendimento aos alunos apenas esta segunda.

A medida, de acordo com Fábio Inácio, secretário de Educação, serve para que os colégios atingidos pelos alagamentos sejam limpos, e, principalmente, para que alunos e funcionários das escolas, que sofreram algum problema com as chuvas, possam se organizar. Por isso, a ação foi estendida para os outros colégios, além das escolas que servem como ponto de abrigo para os moradores e para o recebimento de doações. “Em muitos locais, o acesso para chegar à escola ainda é complicado”, afirmou o secretário de Educação.

Trânsito normal na Imigrantes Norte

A pista norte da Rodovia dos Imigrantes operou normalmente, ontem, sem pontos de lentidão, quase 12 horas após ser liberada para o tráfego. A estrada ficou 31 horas interditada devido ao deslizamento de terra que arrastou 23 carros e uma carreta e matou uma moradora de São Paulo, de 43 anos. A via foi liberada à 0h deste domingo.

De acordo com a assessoria de imprensa da Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, foram retirados 2,7 mil metros quadrados de material da pista - equivalente à carga de 270 caminhões.

Fluidez - Movimentação deste domingo (25) na pista liberada (Foto: Agência Estado)

Postos de arrecadação

Cubatão
Centro Esportivo Castelão - Rua Embaixador Pedro de Toledo, 365, Centro

São Vicente
TV Tribuna - Av. Antônio Emmerich, 1373 -  Jardim Guassú

Santos
Universidade Santa Cecília - Rua Oswaldo Cruz, 277-  Boqueirão

Gabinete da deputada estadual Telma de Souza - Av. Afonso Pena, 123, Macuco

Escritórios - deputada estadual Telma de Souza
Avenida Afonso Pena, 123 - Macuco
Avenida Santo Antônio do Valongo, 383 - Morro São Bento
Avenida Álvaro Guimarães, 396 - Jardim Rádio Clube

Fundo Social de Solidariedade
Avenida Conselheiro Nébias, 388 - Encruzilhada (a partir de segunda-feira)

Santos Futebol Clube
Rua Princesa Isabel, s/n - Vila Belmiro (somente durante o jogo, às 18h30)

Praia Grande
Ginásio Mirins III
Avenida Maurício José Cardoso, s/nº - Bairro Forte
(das 14h30 às 22h neste sábado; domingo das 9h às 22h)

Fundo Social de Solidariedade
Rua Paulo Fefin, 775 - Boqueirão (a partir de segunda-feira)

Guarujá
Fundo Social de Solidariedade
Rua Cavalheiro Nami Jafet, 549 - Pitangueiras