Corpos são encontrados em cidade da Nigéria que era controlada pelo Boko Haram

Um comitê local do governo que entrou na cidade de Damasak, no nordeste da Nigéria, através do vizinho Níger, disse que também achou corpos de homens em decomposição

Comentar
Compartilhar
28 ABR 201516h57

Centenas de esqueletos de crianças, mulheres e homens que teriam sido mortos pelo Boko Haram foram encontrados em uma cidade recapturada da fronteira nigeriana com o Níger, indicando mais uma atrocidade cometida pelos extremistas islâmicos, segundo testemunhas.

Um comitê local do governo que entrou na cidade de Damasak, no nordeste da Nigéria, através do vizinho Níger, disse que também achou corpos de homens em decomposição, aparentemente combatentes do Boko Haram mortos quando as tropas do Chade e do Níger recapturaram a cidade, em março.

"Eu sei que houve uma atrocidade em grande escala, mas não posso dizer a você o número exato de corpos", disse o senador eleito Abubakar Kyari na segunda-feira a repórteres em Maiduguri, capital estadual de Borno, localizada 180 quilômetros a sudeste de Damasak.

As autoridades disseram que encontraram Damasak com várias áreas destruídas, especialmente aquelas onde havia mercados. Alguns prédios, como escritórios do governo, foram completamente queimados pelos extremistas antes da fuga deles.

O Boko Haram é apontado como responsável pela morte de até 10 mil pessoas no ano passado. Além disso, 1,5 milhão de pessoas tiveram de fugir de suas casas, por causa do grupo extremista.