X
Cotidiano

Consema aprova segunda fase do VLT

A aprovação do Consema será encaminhada à Cetesb, que fica responsável pela concessão da licença prévia ambiental para o empreendimento

Pelo projeto, a segunda fase do VLT terá 8,2km e 14 estações / Reprodução/Prefeitura de Santos

Mais uma etapa foi vencida para a segunda fase do VTL se tornar realidade. Em reunião nesta terça-feira (24), na capital, o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) aprovou o estudo de impacto ambiental prévio da obra, que prevê a ligação do modal entre a Avenida Conselheiro Nébias e a região do Valongo.

Pelo projeto, a segunda fase do VLT terá 8,2km e 14 estações passando por vias como Campos Melo, Dr. Cochrane, João Pessoa, Visconde de São Leopoldo, ruas São Bento, Visconde do Embaré, Amador Bueno, da Constituição e Luiz de Camões.

A aprovação do Consema será encaminhada à Cetesb, que fica responsável pela concessão da licença prévia ambiental para o empreendimento. “O parecer técnico confirma a viabilidade socioambiental da fase 2”, explica o secretário de Meio Ambiente de Santos, Marcos Libório, que esteve na reunião do Consema.

A licença da Cetesb é o último requisito para a abertura do edital de contratação da obra, que ficará a cargo da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

Planilha orçamentária

A EMTU estima que a licença ambiental prévia seja publicada no Diário Oficial do Estado até outubro. Atualmente, a planilha orçamentária do projeto executivo do trecho está em fase final de revisão.

A estimativa de investimento em obras civis é de R$ 270 milhões, com recursos do Tesouro do Estado e financiamento da Caixa Econômica Federal.

Os sistemas e subestações de fornecimento de energia estão contratados para o trecho. Até o primeiro trimestre de 2018, terão desembarcado em Santos os quatro últimos VLTs dos 22 contratados e que serão disponibilizados para a futura operação.

Em seu primeiro trecho já implantado, o VLT tem 11,5 km de extensão, ligando as estações Barreiros (São Vicente) e Porto (Santos). Conforme a EMTU, os dois trechos do VLT da Baixada Santista atenderão cerca de 70 mil passageiros por dia.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ELEIÇÕES 2022

Janones critica 'arrogância' de discurso da esquerda no Twitter

'Arrogância de setores da elite intelectual não lhes permite compreender que João Gomes forma mais opinião que Chico e Caetano', escreveu

Meio Ambiente

Desmatamento na Amazônia caminha para se tornar incontrolável, dizem especialistas

Com os níveis atuais de desmatamento registrados -com diversos meses com destruição amazônica acima dos 1.000 km²-, os compromissos climáticos internacionais do Brasil podem ficar em xeque, especialmente a redução da emissão de gases-estufa

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software