Comando de Choque faz operação especial no litoral

A ação do Comando de Policiamento de Choque conta com um efetivo de 112 policiais do Comandos e Operações Especiais, Canil e ROTA

Comentar
Compartilhar
22 MAI 201515h29

A Polícia Militar realiza, desde às 6h30 desta sexta-feira (22), uma operação no Morro do Macaco Molhado e Vila Baiana, no Guarujá, litoral paulista. A ação do Comando de Policiamento de Choque conta com um efetivo de 112 policiais do COE (Comandos e Operações Especiais), Canil e ROTA. A Polícia Militar entrou nas comunidades com 18 viaturas de Rota e cinco do Canil, com cães farejadores treinados para procurar entorpecentes.

A primeira ocorrência foi a apreensão de três quilos de drogas (cocaína e maconha), uma parte já pronta para ser comercializada e outra em preparação. O material foi encontrado dentro de um barraco para onde um homem armado fugiu assim que avistou a polícia. Já dentro do barraco, este suspeito atirou contra os PMs, que revidaram e o acertaram. O SAMU foi chamado e constatou a sua morte. Moradores confirmaram à polícia que o local era usado por criminosos.

Em outro endereço, policiais apreenderam mais entorpecentes em um barraco no Morro do Macaco Molhado. Um homem armado com uma espingarda calibre 12 não reagiu e foi preso em flagrante. Além da arma, de maconha e crack, foram apreendidos dinheiro e anotações do tráfico.

“Realizamos um trabalho extenso de inteligência para atingirmos em cheio o tráfico de drogas, que é o que alimenta os demais crimes”, explicou o Major Cássio Araújo, da Rota, referindo-se ao objetivo da operação, que está em andamento.

Policiais do Choque realizam operação no Guarujá (Foto: Rodrigo Paneghine)