Cirurgias feitas no Castramóvel crescem 50% em cães e gatos, em Santos

Segundo a Coordenadoria de Defesa da Vida Animal, foram 277 animais em janeiro e 373 em fevereiro

Comentar
Compartilhar
04 MAR 201518h47

Um total de 650 cães e gatos foi castrado no primeiro bimestre deste ano por meio do Castramóvel. Segundo a Coordenadoria de Defesa da Vida Animal (Codevida), foram 277 animais em janeiro e 373 em fevereiro. O número é praticamente 50% do total registrado nos primeiros seis meses de funcionamento do serviço móvel, inaugurado em julho passado: 1.316 bichos.

A expectativa da Secretaria do Meio Ambiente (Semam), à qual está ligada a Codevida, é aumentar ainda mais os atendimentos a partir de junho, quando deve entrar em operação o segundo Castramóvel. Será mais um micro-ônibus especialmente adaptado para a realização de cirurgias de castração em animais domésticos.

O primeiro começou a funcionar em Caruara -  fez 14 cirurgias - na Área Continental. Atualmente, o veículo, dotado de duas mesas cirúrgicas, pia e ar-condicionado, trabalha com 30 agendamentos diários. E os médicos veterinários da Prefeitura também fazem consultas e atendimentos de emergência.

Morros

O novo veículo, avaliado em R$ 239 mil já foi adquirido e está na fase de adaptação. De acordo com Leila Abreu, coordenadora da Codevida, com a nova aquisição, a proposta é que um dos veículos atenda prioritariamente os morros, enquanto o segundo percorrerá as regiões mais afastadas.

O número é praticamente 50% do total registrado nos primeiros seis meses de funcionamento (Foto: Divulgação/PMS)

"Controlar a população de cães e gatos por meio da castração é o principal objetivo da Prefeitura, já que é o método mais seguro e moderno para reduzir o abandono e os maus-tratos", afirma.

Próximos atendimentos

Quinta e sexta-feira (5 e 6/3) -  Morro da Nova Cintra

Segunda-feira (9) - Vila dos Criadores

Terça-feira (10) - Vale do Quilombo (10)

Quarta-feira (11) -  Rádio Clube (11)

Quinta-feira (12) - Jardim São Manoel.