Catanduva registra seis mortos em decorrência da dengue em 2015

Segundo a prefeitura, há mais 22 óbitos em investigação. A cidade, que tem população de 112.820 pessoas, está com 4.284 casos confirmados

Comentar
Compartilhar
04 MAR 201520h00

O município de Catanduva, na região norte do estado de São Paulo, computa seis mortes decorrentes da dengue desde o início de 2015. Segundo a prefeitura, há mais 22 óbitos em investigação. A cidade, que tem população de 112.820 pessoas, está com 4.284 casos confirmados da doença desde o início do ano e 4.466 sob análise. Os dados levam em conta as notificações até hoje (4).

De acordo com o Ministério da Saúde, Catanduva é o município, com população superior a 100 mil habitantes, que mais registrou casos confirmados da doença em 2015 no estado até 14 de fevereiro. Segundo a prefeitura, para combater a transmissão da doença, 220 pessoas, divididas em 12 equipes de trabalho fazem vistoria nas casas e orientam os moradores.

A cidade tem também 15 bombas pulverização e três veículos que fazem o “fumacê” pelas regiões afetadas. Há três caminhões e uma retroescavadeira que recolhem entulho e limpam pontos de descarte irregulares. Até 14 de fevereiro, segundo o Ministério da Saúde, o estado de São Paulo teve o registro de 51.849  casos confirmados de dengue e 17 mortes.