Bombeiros buscam menino que caiu no rio Tietê

Segundo um primo do garoto, de oito anos, Cauã escorregou e caiu no rio quando procurava uma bola. Os dois brincavam na margem do rio, na periferia da cidade, e o solo estava escorregadio

Comentar
Compartilhar
28 NOV 201321h28

Três equipes do Corpo de Bombeiros vasculham o rio Tietê, em Porto Feliz, região de Sorocaba, à procura do menino Cauã Felipe da Silva Correia, de dez anos, desaparecido desde o final da tarde de quarta-feira, 27. Segundo um primo do garoto, de oito anos, Cauã escorregou e caiu no rio quando procurava uma bola.

Os dois brincavam na margem do rio, na periferia da cidade, e o solo estava escorregadio. Os bombeiros iniciaram as buscas logo após o desaparecimento, mas tiveram de suspendê-las durante a noite. Familiares da criança e moradores vizinhos protestaram contra a paralisação das buscas interditando uma rua com uma barricada de galhos e ateando fogo. Os trabalhos foram retomados pela Guarda Municipal e prosseguiram até a madrugada. De manhã, bombeiros da cidade apoiados por equipes de Sorocaba e Tietê reiniciaram a procura por Cauã.

No trecho, o rio é fundo e tem águas escuras em razão da poluição. O volume das águas está aumentado por causa das chuvas recentes. Até as 13 horas, não havia sinal do garoto.